Ceo Vadia nas alturas Capítulo 41

sprite

Entre muita risada com Ian e James defendendo seus times de futebol que são rivais e Matthew só colocando mais lenha na fogueira, meus amigos e eu tivemos um almoço delicioso e bem agradável.

– Esses dois não vão parar nunca. – Reba comenta rindo do seu marido que defendia Barcelona com unhas e dentes.

– Ian não vai deixar de falar sobre o Real Madrid tão cedo. – Lauren revirou os olhos. – Ama tanto esse time que é até amigo dos jogadores… Pior! Ele também se tornou sócio.

– Sério? – Eu ri da careta que Lauren fez.

– Sim. Por um lado é bom, Madrid é lindo e o estádio Santiago Bernabéu é incrível. – Lauren contou. – Os jogadores são bem legais também. Ian convenceu Matthew a se tornar sócio. – Olhei para ela não acreditando.

– Não acredito.

– Sério! Ian falou tanto na cabeça do Matthew, mostrando as vantagens dele se tornar sócio. Acredito que Matthew aceitou para Ian calar a boca.

Rimos. Era bem capaz. Mesmo que fosse uma grande vantagem para Matthew se tornar sócio e vendo oportunidades para seu negócio, eu aposto que Ian conseguiu convencer o Matthew pelo cansaço.

– Então meninas, qual será nossos planos para hoje a noite ou vamos deixar para fazer alguma coisa amanhã? – Reba perguntou.

– Poderíamos ficar em casa e beber um bom vinho do lado de uma fogueira. – Lauren sugeriu. – O que acham?

– Olha, essa ideia me agrada. Esse lugar tem um frio que não tem fim. – Falei passando minha mão na outra. Elas riram. – Ficar perto de uma fogueira me agrada muito.

Eu nunca odiei o frio, mas também não sou muito fã. Se eu soubesse desse frio todo teria pensado mais antes de vim. O lugar é lindo, não posso negar. Talvez seria melhor vir em outra época do ano. Queria está sendo dramática sobre o frio.

– É apenas falta de costume, Aria. Aspen é um lugar perfeito mesmo no frio. – Lauren defendeu Aspen.

Eu olhei para Reba e a gente riu. Lauren tem seu amor declarado para esse lugar, a gente nem precisa falar mal para ela começar sua defesa. Aspen realmente é muito lindo, mas não me faz gostar menos do calor. Próximas férias em um lugar bem quente, por favor!

Continuamos conversando por um tempo até meu celular tocar. Fiquei um pouco nervosa e peguei rapidamente antes que Matthew visse o nome na tela. Martin me ligar apenas se for realmente preciso. Mesmo estando juntos para cuidar da empresa do Matthew, ele ainda não gosta de mim. Não me importo com isso. Fui ao banheiro para poder conversar com Martin.

– Oi…

– Preciso de você em uma reunião hoje. – Ele me interrompeu. – Será em dez minutos…

– O que? Martin, como assim? Eu estou no banheiro nesse exato momento para poder falar com você. Matthew vai vir atrás de mim se eu demorar demais.

Martin suspirou.

Não estava programada para outro dia, mas o cliente teve um imprevisto e está quase certo. Você não precisará dizer muito, eu vou está presente e você está presente é uma garantia a mais para ele. – Martin falava comigo e fazia mais alguma coisa. – Quando vão voltar? E quando Matthew vai poder voltar?

Mordi o canto da boca.

As coisas estão tão ruins assim?

nada segura em deixar Matthew voltar, ele tem seguido tudo direito e mesmo estando de férias ele também tem feito seu acompanhamento com sua psicóloga. Talvez só eu que não esteja pronta para sua

Matthew é um bom chefe e nunca vou poder negar isso. – Martin suspirou. – Ele sabe dizer coisas certas no momento certo e estando por perto é garantido tudo sair como o planejado. Mas ele precisa está bom para voltar, Aria. Mesmo não sendo como antes, Matthew é o CEO da empresa. Nada vai ser tranquilo

razão. Matthew é o CEO da empresa, não será como antes, mas não significa que terá a paz que tanto desejo. Não devemos pensar nisso agora! Matthew ainda não está pronto. Fiquei mais um tempo no banheiro e a reunião tinha que ser feita ali, procurei ficar de um jeito que o cliente não percebesse que estou no

de rico é tão chique que realmente não daria para perceber. Antes da reunião mandei uma mensagem rápida para Matthew dizendo que estou com cólica e um problema feminino e logo eu voltaria. Ele perguntou se poderia me ajudar e até falou que estava indo para o banheiro, entrei em desespero e com mais algumas mensagens consegui convencer ele que estava tudo

reunião tudo foi bem tranquilo. O cliente foi gentil comigo e ouvir um pouco sobre o projeto para sua casa, eu falei bem pouco e Martin falou algumas coisas. A reunião foi bem rápida e sem problema algum, o nosso cliente assinou os papéis e agradeceu por eu ter dado essa atenção para

saí do banheiro, menti para meninas dizendo que estava sentindo um desconforto e acreditava ser cólica. Não tinha porque mentir para elas, mas Matthew estava por perto. Então precisei sustentar a mentira. Assim que voltamos para casa tomei um bom banho na companhia de Matthew que estava sendo muito atencioso comigo. Estou me sentindo mal por mentir

que é para o bem dele, eu fico

Por que não coloca uma roupa mais confortável? – Matthew para no meio do quarto enxugando seu cabelo. – Não trouxe uma calça

tinha acabado de vestir uma calça jeans. Gosto dessa calça que define bem o

– Gosto dessa calça…