EM BUSCA DO AMOR PERDIDO CAPÍTULO VINTE E NOVE

sprite

Giulia Miller

duas semanas e meia se passaram desde que meu marido se declarou pra mim, amanhã vamos chegar na próxima ilha, e começaremos os exames específicos que serão feitos com o James.

Nesses dias, nós namoramos muito, nos divertimos como casal e amantes, fizemos muitas coisas divertidas com o nosso filho e a nossa família, saímos com os colegas do trabalho, e fizemos várias chamadas de vídeo pra minha família, o James gostou muito de conhecer eles. A minha família como sempre ama ele de paixão, então ficaram muito felizes que ele mesmo estando sem memória, pelo menos está bem e o mais importante, vivo.

Claro que lamentaram por ele ter esquecido o grande neurocirurgião que era, mas eles falaram que agora eu serei a professora dele, e sabe, eu adorei a ideia! Vou ensinar tudo o que ele quiser aprender comigo, serei uma excelente professora...

Curtimos muito, e fiquei imensamente feliz por saber que a minha querida amiga Min-Ji vai se casar com o Carlos, e eu e o James seremos os padrinhos, por isso precisaremos voltar para Manhattan até o mês de abril. Hoje é vinte e sete de dezembro de dois mil e vinte, Todo esse tempo que passamos viajando, o mundo todo estava em um colapso com a COVID-19. Porém nós continuamos o trabalho árduo de levar vacinas, medicamentos, consultas e tratamentos para os mais necessitados, não paramos e claro nos mantivemos bem, ninguém aqui no navio teve esse gripe, e estamos todos imunizados. Mas como eu estava falando a minha amiga Min-Ji vai casar na primavera, e os preparativos vão começar um mês antes, por isso já avisei ao capitão Durval que vamos mudar a rota, eu queria continuar a viagem, mas não posso deixar a minha amiga na mão. Por isso voltaremos mais cedo, mas ainda temos muitas viagens para fazer. A nossa missão pelo mundo não terminou ainda, e iremos recomeçar em breve, é apenas uma pausa para descanso. Porque eu já estou com saudade de terra firme.

A dona Evangelina está muito bem de saúde, ela me liga por chamada de vídeo uma vez por semana, e parece que ela está bem feliz, porque está de namorico com o seu Domênico, um paciente que chegou há pouco tempo lá no asilo, ele é uma figura, super alto astral, e gostou da dona Evangelina apenas por ela ser tão humilde e simpática, esses três anos à fizeram mudar bastante, ela parou de ser tão rabugenta, e está vivendo a vida mais leve. Deixou os filhos pra trás e está fazendo terapia pra esquecer todos que lhe fizeram mal. A causa que eles, moveram contra eu e o James para tirar a mãe de nossos cuidados, o juiz deu como indeferido, porque tínhamos provas o suficiente que eles a abandonaram, então nós ganhamos a causa e a dona Evangelina ficou muito contente, ela disse que tinha medo de voltar a ser cuidada por eles, porque eles não gostavam dela, só queriam tirar algum proveito, mas não sabemos do que exatamente. Bom mas que bom que esse problema não existe mais né?

E mudando de assunto:

Os meus irmãos continuam firmes na presidência do hospital, me tratam muito bem, e com muito respeito, o hospital está bem administrado por eles, e como eu ainda estou pensando em trabalhar no navio por um bom tempo, então eles irão continuar na presidência, o Oliver está namorando uma neuropediatra, que se chama Lauren, ele também é pediatra só que é ainda residente do terceiro ano, está se especializando em cardiopediatria, e o Otávio ainda anda só na zoeira, disse que tão cedo não pensa em namorar, nem ter nada sério com apenas uma pessoa, ele é um puto, (assim o Oliver fala) mas é um rapaz muito esforçado, me ajuda muito e estamos sendo bons amigos, e ele está se especializando em obstetrícia, ele disse que sempre gostou muito dessa parte, de ver os bebês nascer, e ser o responsável por colocar mais um ser humano no mundo, particularmente eu me lembro dele quando pequeno, ele adorava vir para o berçário ver os bebês, ele o Oliver gostam muito de bebês, e acho tão lindo isso, e tenho certeza que quando forem pais, vão ser os mais babões.

A minha mãe se sentiu muito orgulhosa por ter um filho na área dela e outro na área do meu pai, porém os dois tem mais contato com a minha mãe no hospital, porque quando nascem os bebês o Oliver que examina, e quem ajuda eles a nascerem é o Otávio, porém o Oliver também quer agradar o meu pai, por isso está se especializando em cardio... Eles conseguiram deixar os nossos pais felizes. Não que eu não tenha feito isso também, mas eles seguiram os passos deles, eu apenas segui o meu caminho, e estou feliz demais, amo ser neurocirurgiã e amo mais ainda ser uma médica que leva a medicina pra todos. Isso me realiza muito como profissional.

Mas meus pais estão amando essa minha forma de trabalhar, isso deu muito prestígio para o hospital, e agora estamos literalmente, “famosos internacionalmente”, meu pai viaja muito e fecha vários contratos pelo mundo, todos querem ter o seu brasão no nosso navio, temos tanto patrocínio que meu pai disse que podemos navegar por uns cinco anos sem se preocupar com nada, então isso me deixa nas nuvens né, afinal este era o meu sonho.

Mas voltando ao hoje...

ilha de Córsega, que fica localizado ao sul da França, e é a quarta maior ilha do mar mediterrâneo, e sua população é de um pouco mais de trezentos e vinte mil habitantes, então provavelmente iremos ficar nessa ilha por uns

Quando chegamos no cais, tinha uma fila enorme de pessoas esperando a nossa chegada, provavelmente a nossa publicidade estava em alta aqui.

emoção das pessoas ao nos verem é imensa, e os médicos estão animados

receber o pessoal logo que paramos.

claro que não vamos conseguir atender agora, então será feito o cadastro de todos que estão na fila, e serão atendidos todos amanhã bem cedinho, por ordem de chegada, primeiro porque agora já é quase dezessete horas, e outra, que eu preciso usar os equipamentos do hospital para fazer os exames no meu marido, então nada será monopolizado, porque primeiro é o James... Ele já esperou tempo demais. Ele fez outros exames, mas nada se compara ao exame de ressonância magnética, esse é o mais completo que temos, então esse é o que será feito hoje.

os médicos estão lá em baixo consultando ou marcando as consultas, eu e o James juntamente com os meus sogros e filho, estamos na sala de ressonância magnética, graças a Deus que sei como funciona tudo aqui, senão eu estaria mais perdida que cego em