EM BUSCA DO AMOR PERDIDO CAPÍTULO TRINTA E DOIS

sprite

Giulia Miller

Estou feliz e aliviada que o meu paciente não sentia nada por mim, e claro que eu sei que foi a minha sogra que fez isso, ela me contou quando estávamos a sós, então não foi surpresa pra mim o que ele disse, mas como eu não poderia demonstrar na frente do meu marido que eu sabia da armação de sua mãe, eu tive que parecer surpresa.

Conversamos um pouco mais com ele e pedi segredo sobre a condição do James, ele concordou e isso me deixou aliviada.

Quando chegamos na nossa cabine, eu comecei a chorar novamente, porque eu estava me sentindo triste, frágil e sentimental, e o James como sempre, me abraçou e permitiu que eu chorasse em seu peito, a dor no meu coração é tão grande que eu não estava conseguindo parar de chorar mais.

Eu estava com medo.

Depois de um tempo, o James me levou no colo para o chuveiro e lá dentro do box ele me despiu e me deu banho, ele cuidou de mim, eu não tinha reação nenhuma, porque o meu coração estava dilacerado, era muita coisa ruim acontecendo com a gente. E eu sentia que não merecia sofrer tanto assim.

__ Calma amor, não chora por favor, você está me assustando Giulia. – ele diz me beijando no rosto e na testa.

__ Eu confio em você amor, e sei que vai fazer de tudo para eu ficar bem, não chora amor... – agora ele me beija na boca e eu correspondi imediatamente, eu precisava dessa conexão, desse beijo, eu precisava dele, só dele!!

Só ele me faz sentir viva, só ele é capaz de apagar qualquer coisa ruim da minha cabeça.

E ele agora conseguiu fazer meu coração se acalmar com esse beijo.

Parei de chorar e disse:

__ Preciso de você dentro de mim amor, eu preciso te sentir...

__ Eu faço tudo por você amor!! – ele diz e volta a me beijar e então me penetra com carinho logo depois de pegar em seu colo.

Começamos a fazer amor lento e rápido, e em nenhum momento ele parou de me beijar, foi maravilhoso sentir o meu marido me preenchendo completamente com o seu membro, ele fez eu cavalgar nele de uma forma intensa, foi perfeito, ele é perfeito, lindo e gostoso demais, e depois de me deixar mole de tanto orgasmos que tive, ele gozou dentro de mim urrando alto e me beijou. Foi simplesmente mágico o nosso momento! É impressionante que cada dia é melhor.

Depois de terminar o nosso sexo maravilhoso, saímos do banho e nos vestimos, eu estava mais calma, graças ao meu marido, ele sempre teve esse poder de me fazer relaxar, então com a cabeça e o coração mais tranquilo, pude começar a pensar no que fazer a seguir...

O James é a minha vida, eu preciso dele pra viver feliz, isso não é novidade pra ninguém, e é por saber disso que eu preciso dar o melhor de mim na hora da cirurgia, eu não posso falhar! Vou estudar a melhor forma de começar a operar ele, vou verificar todos os diários dele onde fala desse tumor em especial, ele já operou assim e foi muito bem sucedido, eu estava com ele na sala de cirurgia, e me lembro até hoje a reação dele quando o paciente acordou e sem sequelas nenhuma o agradeceu por ter feito praticamente um

Eu acredito no meu potencial, e sei que ele confia em mim cem por cento. Mas mesmo assim é a vida do amor da minha vida, não posso começar algo sem antes estudar bem o caso.

Naquela noite, aproveitamos mais um dia em família, os pais do James estavam tristes, mas em nenhum momento deixaram o James perceber, eles são apaixonados pelo filho de um jeito tão lindo, e estão novamente confiando a vida dele a mim, porque sabem que vou fazer o meu melhor.

Jantamos juntos, mesmo eu estando sem fome, me forcei a comer o risoto de lagostim que a minha sogra fez, enquanto estávamos no banho. Estava delicioso, e comi tudo, logo depois ela trouxe a pana Cota que havia feito, porque sabe que amo doces depois de cada refeição, claro que não resisti e comi um pouco, eu jamais faria uma desfeita dessas.

Depois do jantar eu e o James arrumamos a cozinha e meus sogros foram para a sua cabine logo depois que fizeram o Lucca dormir...

Nós fomos dormir também, porquê amanhã iremos voltar pra casa...

NO DIA SEGUINTE...

cedo, aliás eu nem dormi direito essa noite, a ansiedade era tanta que quase não fechei os olhos, a minha mente vagava por todos os cenários possíveis.

de uma cirurgia mal feita, ou apenas um erro pequeno, pode deixar ele: Em estado vegetativo, cego, surdo, mudo, sem emoções, ou até mesmo,

isso as minhas opções são: “Não posso errar”

simples erro, pode ser complicado reverter.

Se tenho medo?

eu sou humana, e ele é tudo pra mim, não sou perfeita como ele diz, porquê perfeito só existe Deus. Mas tenho fé que Ele vai me ajudar na hora da

Se me sinto pressionada?

porque sou eu quem quero fazer isso, eu quero cuidar do meu marido. Sei que existe muitos neurocirurgiões melhores do que eu, mas eu aprendi com o melhor, então eu acredito no meu potencial!