Fuga para a Felicidade Capitulo 23º Revelação

sprite

_Engraçadinha, estou morrendo de ri.!

_Bom no fim seu pai cedeu, e nos combinamos que tudo que eu ganhasse daquele dia em diante seria guardado para quando você e seu irmão nascesse, e assim foi feito, além disso eu tinha varias companheiras de trabalhos que eram péssimas na cozinha, e eu sempre gostei de cozinhar e criar novas receitas. passei nos fins de semana fazer doces e bolos e vendia na semana seguinte, a principio seu pai não gostou era muito trabalho eu precisava descansar, enfim tudo isso que hoje você diz pra Milena, mais eu não desisti e convenci ele a me ajudar nas horas de folga cascando as frutas , lavando a louça, quando eu descobri que estava gravida de gêmeos ele deu defeito mais uma vez.

_Ai você voltou novamente pra casa dos meus avos?

_Não! eu já sabia como lidar com as birras do seu pai e conseguimos contornar a situação. trabalhei e atendi minhas encomendas até a ultima semana de gravidez. Só pedi as contas quando venceu o meu licença maternidade.

_E por isso que não tenho lembrança de você trabalhando fora enquanto éramos pequeno.

_Mais depois do nascimento de vocês voltei a minhas encomendas de bolos e doces, nossa casa era muito grande, eu tinha cómodos fechados sem uso, como era alugada, de um tio do seu pai conversamos com ele e aluguei dois quartos para uma família que estava de mudança por causa do trabalho do marido. A casa e onde e a pousada hoje tivemos que fazer muitas modificações com o tempo conseguimos anexar a casa ao prédio de 3 andares e assim ficou a pousada como ela e hoje moramos por muito tempo no apartamento que hoje a Cristina ocupa, tivemos muitos momentos tristes , as vezes desesperadores mais com muita paciência fomos vencendo um a um essa casa veio muito tempo depois , eu estava gravida do Fabio quando compramos essa casa, ela estava em ruinas , mais assumimos o desafio e valeu a pena . Você e o Rodolfo estavam com sete anos quando terminamos a reforma da casa e o Fabio estava para nascer, nos mudamos e cinco dias depois ele nasceu.

_Porque eu nunca soube disso?

_Não sei ! mais esta sabendo agora.

_E como vocês conseguiram? vencer todas as dificuldades.

difícil, com duas crianças pequenas e sozinha, a mulher que estava morando na casa gostava de brincar com você e seu irmão enquanto a filha estava na escola, passei a aproveitar esse tempo na cozinha e voltei a fazer meus bolos e doces e com o tempo as encomendas aumentaram , as encomendas estavam dando um bom lucro e como a Lena estava precisando trabalhar combinamos um salario mensal e ela ainda poderia almoçar e jantar comigo e não precisaria gastar com alimentação , já que o marido almoçava na empresa e a filha na escola, com essa ajuda e o aumento das encomendas, nossa vida melhorou muito, nos fins de semana seu pai também ajudava, um dia seu tio veio aqui de surpresa, eu morri de medo que ele quisesse a casa de volta, afinal o que nos estávamos pagando não era nada apenas um valor simbólico, mas aquele domingo tivermos a maior surpresa da nossa vida, estávamos reunidos depois do almoço e o tio do seu pai tirou um envelope de papel da bolsa e entregou ao seu pai era a escritura da propriedade, ele tinha vindo se despedir estava indo visitar uns parentes na Itália e não tinha intenção de voltar, mais antes queria ter certeza de a nossa família teria um teto permanente, ficamos sem palavras , ele foi o nosso benfeitor.

Apartir dai descobrimos que na propriedade além da nossa casa tinha um alojamento de 3 andares, nos transformamos o primeiro andar em um apartamento e nos mudamos , o segundo andar foi feito a mesma coisa e trouxemos a família da Lena, e transformamos a casa em uma pequena pousada, eu usava a cozinha para fazer minhas encomendas e o café da manha da pousada, as coisas começaram a dar tão certo que seu pai deixou o emprego em que estava e veio trabalhar na pousada, na época os pais dele acharam um absurdo um homem ser sustentado pela mulher, ele não deu confiança, continuamos a trabalhar juntos a Lena na época era minha única ajudante e com o tempo sua filha já estava para fazer 15 anos veio ajudar nos fins de semana e acabou tomando gosto pela coisa e ficou conosco até terminar a faculdade, só então ela e a Lena foram morar fora porque mais uma vez seu marido tinha conseguido uma promoção e estava sendo transferido para o Canada, ficamos triste com sua partida, mais era melhor para a sua família a Ruth também conseguiu trabalho na mesma empresa que o pai e trabalhava e agora nos encontramos quando podemos tirar férias, e graças ao nosso esforço e a ajuda da Lena e de sua filha conseguimos vencer e hoje vamos inaugurar mais uma pousada.

_Sempre vi a Lena e a Ruth como amigas , mais nuca imaginei que elas tivessem tido um envolvimento tão grande assim na nossa vida.

, elas foram minhas primeiras amigas e funcionarias, e tenho orgulho por preservar essa amizade até hoje e por isso que sempre que posso vou até o Canada e passo alguns dias com elas, sinto falta do tempo em que trabalhamos

que você e o papai tivesse passado por tantas

dificuldades nos fortaleceu e nos uniu, procure ouvir mas o quem esta a sua volta sem ser tão teimoso e

o papai sendo tão mandou e autoritário abandonou o emprego para ficar