Humilhada pelo meu chefe Visita inesperada.

sprite

Ao invés de responder a ele eu me levantei do colo dele, me virei e apoiei meus braços do lado de fora da hidro, empinando minha bunda para ele.

.. Acho que um jesto fala mais que mil palavras.

Sei que talvez essa seja a última vez que ficamos juntos, então quero fazer valer a pena.

Se for para eu fazer sexo anal com alguém pela primeira vez então prefiro que seja com alguém que eu amo de verdade.

Pelo menos sei que jamais me arrependerei um dia.

Vendo o meu jesto, ele se aproximou e começou a passar a cabeça do pênis em meu ânus.

E segurando em cada lado da minha bunda ele começou a me penetrar bem lentamente.

Tirando e colocando de vagar, de uma forma que eu sentia uma dor mas mínima.

Uma dor suportável.

_ Está entrando amor.

Já está quase lá.

Mas se caso você quiser que eu pare é só falar, ok.

Eu só acenei com a cabeça em sinal de ok.

Ele colocava um pouco e tirava.

De um jeito tão suave para não me machucar.

Um cuidado tão grande para que eu não sentisse muito dor.

_ Gata eu já estou totalmente dentro de você.

Você está bem.

_ Sim.

_ Que bom, porque agora vou começar a me movimentar, tudo bem?

Eu acenei com a cabeça novamente.

Antes de começar a se movimentar ele desceu uma mão em meu clitóris e começou a fazer movimentos giratórios, fazendo minha vagina latejar novamente.

Ele então começou a se movimentar para fora e para dentro.

Conforme o tesão dele aumentava, a velocidade das investidas e intensidade das estocadas dele em mim também.

Comecei a sentir um tesão bem mais intenso do que sentia quando fazia sexo normal.

_ Ah, mas rápido senhor Thomas, mais rápido.

Quanto mais me fodia por trás mais eu gemia de prazer.

_ Isso, senhor Thomas, isso...

Ah, meu Deus, como isso é bom.

O tesão era tão intenso que comecei a rebolar no pau dele.

_ Oh, meu Deus Grace.

Assim eu vou gozar mais rápido do que imaginei.

O entra e sai do pênis dele em minha bunda estava tão prazeroso que nem senti os tapas que ele começou a dar em minha bunda.

_ Bate, senhor Thomas, bate.

Me castiga por ser uma menina malcriada.

Ah,.. merda ah,..

Eu querendo senti- lo ainda mais comecei a me movimentar indo para frente e voltando para trás num ritmo frenético.

_ Isso, gata, continua que já estou quase lá.

Rebola no meu pau que vou gozar forte dentro desse seu traseiro robusto e gostoso.

As estocadas e investidas estavam ficando cada vez mais fortes até que chegamos próximo ao nosso limite.

_ Ah, que bunda gostosa, Grace.

_ Não pare senhor Thomas, não...ah...

O tesão que eu estava sentindo no sexo anal era mil vezes mais gostoso e prazeroso, tanto que nem deu tempo de terminar o que eu ia dizer.

_ Ah,.. senhor Thomas eu...

Minhas pernas começaram a tremer e meus dedos dos pés a dobrar enquanto eu gozava em um gemido gutural.

_ Ah,..

Eu o ouvi gemer seguido de mim.

_ Ah, Grace, ah...

Senti ele liberar seu líquido quente dentro de mim, enquanto ele gemia e apertava minha bunda fortemente.

Pude sentir seu pênis latejar dentro da minha bunda.

Depois de alguns segundos para nós recuperarmos ele se afastou, mas me puxou para o seu colo.

Ainda ofegantes ele me abraçou e sussurrou em meu ouvido.

_ Senti tanta a sua falta, Grace.

Eu sorri de felicidade.

_ Eu também, senhor Thomas.

Ele me abraçou fortemente.

Depois de alguns minutos em silêncio, nos levantamos, vestimos um roupão e fomos para o quarto dele.

Ele deitou-se na cama e esticou a mão fazendo um gesto para que eu me deita- se ao lado dele.

_ Vem amor.

Quero me aconchegar em você.

Eu é claro me deitei apoiando minha cabeça em seu peito.

_ Grace?

Eu o olhei curiosa.

_ Sim.

Ele me olhou com um olhar penetrante.

_ Depois do que acabou de acontecer entre nós, quer dizer que você me perdoou?

Eu o olhei com um olhar sincero.

_ Sim, senhor Thomas.

Com todo o meu coração.

Ele me abraçou carinhosamente e deu um beijo na minha testa.

_ Eu queria poder ficar assim com você para sempre, Grace.

Eu dei um sorriso meigo para ele.

_ Eu também senhor.

Segurando em meu rosto delicadamente ele começou a me beijar

Estávamos tão perdidos no momento que nem percebemos a porta se abrindo.

Nós viramos rapidamente ao ouvir a voz da ex-noiva dele, Blair.

Eu congelei na hora ao vê- lá parada nos olhando.

_ Então, essa é a razão de você ter terminado comigo Thomas?

Por causa de uma empregadinha miserável.

levantou rapidamente, vestiu um roupão e foi em direção a ela.

_ Blair, por favor, ela não tem nada a ver com isso.

até o escritório para conversarmos,

Ela me olhou com um olhar de fúria e ódio.

_ Você está de brincadeira?

Como que essa v******** não tem nada a ver com isso, Thomas?

Ela é mesmo uma sinica.

como se nada estivesse acontecendo entre vocês.

Me enganou fingindo ser uma boa

Você pensou mesmo que eu não soubesse.

Eu já estava desconfiada sobre vocês desde o Quênia.

não sei se vocês começaram a me enganar lá ou bem antes.

E aí, há quanto tempo você está dormindo com essa

Em Thomas?

Ele olhou seriamente para ela.

_ Por favor, Blair, eu já disse, ela não tem nada a ver com isso.

Vamos conversar em outro lugar, ok?

Eu tinha que me defender, não é?

podia deixar que ela me ofendesse daquele jeito.

_ É o seguinte senhorita Blair.

Meça bem essas palavras antes de me ofender ou eu não respondo

Porque se ele está comigo hoje é porque você nunca conseguiu satisfaze- lo na cama.

você estivesse dado mais assistência a ele, ele não precisaria procurar em outra mulher,

O olhar dela era pura irá.

Como você ousa falar assim comigo

tentou avançar em mim, mas ele

_ Só estou dizendo a verdade.

a verdade dói não é problema meu.

Apenas digo o que eu sei.

quando está sendo bem satisfeito na cama não procura

se ele me procura é porque com certeza faço muito mais gostoso que

me olhou e sorriu com um sorriso sarcástico como se tivesse uma carta

Você está se achando a última bolacha do pacote, não é

então, disse algo que eu jamais achei que ela saberia e isso me fez achar estranho, porque como ela sabia sobre minha vida

_ Eu até concordo com você.

ser por isso então, que o seu marido te traiu várias vezes,

ajudar, ainda teve um filho com a amante porque nem pra isso

.. Ela é rica.

certeza ela deve ter mandado alguém investigar a

Ou como ela saberia tudo isso?

que ela disse eu nem me importei, mas quis responder

_ Não, ao contrário, senhorita Blair.

dando tudo o que ele queria na cama, só que infelizmente para ele não era

Ele sempre queria mais.

tinha que experimentar sempre coisas diferentes,

nunca se contentava com o que eu

ao contrário de você que nunca dava nada ao seu noivo, não

isso o senhor Thomas me

nunca ouviu aquele velho ditado, senhorita

Não dá assistência abre

mais uma vez tentou avançar em mim, mas o senhor Thomas, novamente a

_ Quanto a filhos?

uma pessoa desnaturada que coloca um filho no mundo e depois não cuida, não educa, não dá amor e

dia for da vontade de Deus eu ser mãe com certeza já

ter um filho só por ter ou só para segurar o marido, não faz o meu

Agora você?