O Amor Dominador do Meu CEO Capítulo 12 Jantar de Negócios

sprite

Após o almoço, Lorena retornou ao seu apartamento no centro da cidade.

Ela pensou que Eduardo tinha ido para um jantar de negócios. Entretanto, quando ela empurrou a porta, viu que as luzes estavam acesas e que Eduardo estava sentado no sofá, de pernas cruzadas, segurando um copo de vinho em sua mão e olhando para ela.

Lorena forçou um sorriso antes de cumprimentá-lo:

- Eduardo, achei que você deveria participar de um jantar de negócios hoje à noite.

Depois ela se abaixou para calçar seus chinelos.

- Onde você esteve? Agora é tão tarde - perguntou Eduardo.

Lorena caminhou até ele e sentou-se em seu colo antes de beijá-lo. Então ela captou deliberadamente seu cheiro e riu:

- Por que você voltou tão cedo? Você sente minha falta agora?

Eduardo colocou suas mãos em volta da cintura dela, colocou o copo sobre a mesa e olhou para Lorena:

- É raro ver você tão submisso desta maneira. Você está sem dinheiro?

Embora Lorena sorrisse, ela tinha um olhar frio nos olhos.

- Você é sempre generoso. O dinheiro de bolso que você me deu é suficiente para mim, mesmo que eu vá às compras todos os dias durante um ano. Por que estou com falta de dinheiro agora?

Eduardo levantou o queixo de Lorena e disse:

- Desde que você se comporte, eu o tratarei bem.

Lorena torceu os braços de Eduardo e sentiu seu cheiro, dizendo:

- Você esteve bebendo?

Eduardo agarrou as mãos de Lorena, que estavam ocupadas flertando com ele, e respondeu:

- Um pouco.

- Há muitas belezas no jantar. Por que você não tem um?

Lorena se apoiou em seu peito e perguntou.

- Por que eu não vou para casa com a adorável senhora?

Lorena sorriu sedutoramente e respondeu:

você tivesse me levado à festa, eu teria brilhado como a mulher mais charmosa.

Eduardo franziu o sobrolho e disse:

É melhor para você ficar em

decepcionada com suas palavras. Eduardo nunca havia admitido que ela era sua esposa em seu coração. A mulher que o acompanhou às reuniões de negócios nunca seria

levantou-se de repente e

Eduardo, estou um pouco cansado. Vou tomar um banho e vou para a cama.

Depois ela foi direto para cima.

na sala e fechou a porta diretamente. Sentado sozinho no sofá, Eduardo olhou fixamente para Lorena, sentindo-se

de pensar por um momento, ele se levantou de repente e subiu as escadas. Ele tentou abrir a porta do quarto, mas encontrou-a trancada

franziu o sobrolho e disse em