O contrato Capítulo 18

sprite

Quando Agustín voltou para o quarto, Anna estava acordando, olhou atordoada para Agustín que se aproximava dela.

"Anna, como você está se sentindo?", perguntou Agustín, mas Anna lhe respondeu com outras perguntas.

- Onde estou? O que aconteceu comigo?

— Você está no hospital, quando eu te encontrei, você estava ardendo de febre, e eu te trouxe aqui. - que Agostinho respondeu. Anna piscou várias vezes, a única coisa que ela lembrava era que tinha saído do banheiro com muito frio e se deitado na cama.

Agustín chamou o médico para examiná-la, minutos depois o médico entrou no quarto.

— Você sente algum desconforto, como dor de cabeça ou dor de garganta? perguntou o médico, e Anna balançou a cabeça.

— Não, doutor, me sinto muito bem. - ela respondeu, a única coisa que Anna queria era sair do hospital.

— Que bom, vamos esperar o soro acabar, e você pode ir, espero que não fique mais tão estressado. Ele é muito jovem para essas coisas”, disse o médico. Ana ficou surpresa.

- Como você conhece aquele médico? perguntou Ana.

— Menina eu sou velha, e percebo algumas coisas, você é muito jovem para se estressar demais, leve tudo com mais calma. — disse o médico sorrindo.

- Obrigado doutor, vou seguir o seu conselho. ela respondeu.

— Boa menina, despeço-me, espero que se cuide melhor, senão vou vê-la aqui mais vezes, e isso não vai ser bom. Ana balançou a cabeça.

— Não, não, doutor, prometo que vou me cuidar melhor. O médico assentiu, saiu da sala e o silencioso Agustín finalmente falou.

— Anna, você não vai para a universidade por três dias. disse Agustín, levando em conta a recomendação do médico.

— Por que Agostinho? Anna perguntou, um pouco irritada com o que ele havia dito.

- É por recomendação do médico. O que Agostinho respondeu ?

— Não importa, não posso ficar o dia todo naquela casa trancada, além disso, já me sinto bem, posso ir para a universidade, sem problemas. ela disse .

— Anna, você ouviu o que eles lhe disseram, se eu não tivesse ido vê-la esta manhã não sei o que teria acontecido, e seu pai nunca teria perdido, além disso você prometeu àquele médico que tomaria cuide de você. disse Agustín, tentando raciocinar com ela.

"Bem, você teria me deixado morrer, talvez seja isso que eu quero", ela respondeu.

Ao ouvir isso por último, Agustín se irritou.

— Pare de dizer besteiras Anna, enquanto você estiver ao meu lado, eu nunca vou deixar isso acontecer.

Agustín disse irritado e levantando um pouco a voz.

- O que isto quer dizer? Não estarei com você por muito tempo, lembre-se de que em um ou dois anos você e eu nos divorciaremos e todos poderão viver suas vidas como quiserem. —

"Por favor, não vamos falar sobre isso agora. — o que ele disse.

— O que te incomoda Agustín? Você mesmo disse ou estou errado?

- Chega, eu sei muito bem o que disse e me arrependo. Vamos deixar isso de lado por enquanto. Tudo bem, eu não quero brigar com você. ele disse, deixando Anna sem palavras, mas com um milhão de perguntas em sua cabeça.

À tarde, Anna recebeu alta

Agustín e Anna chegaram em casa

— Obrigado por estar comigo no hospital, e desculpe o transtorno que isso lhe causa, vou para o meu quarto. Ela disse e subiu as escadas.

Agustín não disse mais nada a ela e a soltou. E resolvi me encontrar com os amigos dele, precisava conversar com eles.

em um bar da cidade

quatro homens estavam bebendo uísque. Até que Agostinho falou.

que te contar uma coisa e nem sei como começar ou como aconteceu", disse ele, atraindo a atenção de seus três amigos.

-Que coisa? os três perguntaram.

Acho que gosto de Anna, mais do que jamais poderia imaginar. - Ele disse.

Eu sabia, sabia que mais cedo ou mais tarde você ia cair. Rafael respondeu.

- Eu já tinha imaginado. Ivan disse agora.

Eu lhe disse que você se arrependeria de tudo o que fez. Javier disse

O que significa Javier? Rafael e Iván perguntaram em

Pois bem, queridos amigos, ele lhes disse que aqui nosso bom amigo Agustín fez um contrato com sua esposa.

-O que?! Ambos disseram.

que você disse Xavier?! - Disseram os dois novamente incrédulos, diante do que tinham

a boca Javier, e isso não é da sua conta. Agustín disse irritado, pois sabia que seus amigos não o deixariam

acho que você já está apaixonado por aquela mulher, para falar a verdade quero conhecê-la. disse

sabe isso? Diga-me como você sabe, que eu me apaixonei por ela. Agustín disse e Rafael não pôde deixar de revirar

Por Deus, Agustín, nós o conhecemos há muito tempo e você não é um homem muito carinhoso, sem contar que não está interessado em nada além de você e sua família, agora, hoje você esteve com ela o dia todo, você está preocupado com ela, você vai me dizer que isso não lhe diz nada. - Rafael disse e Agustín começou a pensar

Bem, sim, mas fiz isso por consideração. Agustín atendeu e os três balançaram a

Eles não viram o atencioso cavalheiro por perto. Agustín, você nunca teve consideração por ninguém.

É verdade, nem conosco, o que me surpreendeu foi que você ainda deixou de lado o seu trabalho, para cuidar dela. O que Javier disse

e pensou no que seus amigos estavam