O SÓCIO DO MEU MARIDO 29

sprite

Alicia Rogers narrando

Em alguns dias seria o aniversário de Jonas e eu vim até o shopping comprar uma roupa para usar no dia, eu queria usar uma roupa diferente. Estou mudando completamente o meu estilo de ser.

Eu experimento alguns vestidos e mando fotos para Mateus que começa a me mandar áudio elogiando cada vestido no meu corpo e eu abro um sorriso cada vez que eu escutava um elogio dele.

- Seu marido é um homem muito romântico. - A vendedora fala.

- É - Eu respondo sorrindo - Vou levar esse - A vendedora assente e eu passo o cartão.

Eu saio do shopping e vou até a galeria que Mateus estaria me esperando lá.

- Olá. -Eu falo entrando na galeria e Mateus está pintando um quadro. - Eu comprei o vestido.

- Então coloca para eu ver pessoalmente como fica. - Ele fala

- Só para ter trabalho para tirar? - Eu pergunto rindo

- Vai veste - Ele fala.

Eu coloco a sacola em cima da mesa e tiro a minha roupa lentamente e ele me observa com um sorriso no rosto. Eu fico nua na sua frente e começo a colocar o vestido que ele tinha gostado,  ele me puxa pela cintura para perto dele e começa a passar a mão por todo meu corpo.

- Você ficou ainda mais bonita com essa roupa - Ele fala - Eu fico ainda mais apaixonado por você. - ele se levanta e me beija.

Ele me vira de costas e começa a beijar o meu ombro e começa a descer o meu vestido.

- Eu disse que seria só trabalho para tirar - Eu falo sorrindo.

- Você ficou linda - Ele fala - Você e linda Alicia, você é a mulher mais linda que eu já conheci na minha vida.

Ele me vira e a gente continua se beijando, a gente sorri um para o outro.

- Eu vou te esperar Alicia - Ele fala. -

- E você ficaria com a mulher do seu sócio? - Eu questiono.

- Eu não me importo , ele te fez mal durante todos esses anos - Ele diz - Quem é que faz mal para uma mulher tão linda e bela que nem você?

- Você mexe comigo Mateus,  com meus sentimentos, com a minha cabeça. - Eu falo.

-Essa é a intenção, fazer você se apaixonar por mim  - Ele diz.

Ele me pega no colo, eu já estava nua, ele tira a cinta da sua calça e prende nas minhas mãos, ele me coloca deitada e começa a beijar o meu corpo todo, eu sorrio quando ele encosta a sua boca na minha e morde os meus lábios.

- Você realmente me esperaria e teria paciência comigo? - Eu questiono.

- Te esperaria e teria toda paciência do mundo com vocês duas - Ele fala - Eu penso em você Alicia todos os dias, o tempo todo. Eu não consigo admitir que você - Ele beija meu pescoço. - aceite ainda está casada com um homem tão machista que nem Jonas.

Ele começa a descer a sua boca e eu fecho os meus olhos sentindo o toque dele, ele chega na minha intimidade e começa a chupar ela, eu pego em seus cabelos fortes.

- Isso - Eu falo para Mateus - Você está me deixando louca. - Eu suspiro e começo a gemer - Mateus - Ele passava a sua língua por ela enquanto eu gozo na sua boca.

É quando a porta é aberta.

- Essa é a galeria dele - Ana fala entrando com a minha sogra ao seu

Mateus que estava no meio das minhas pernas chupando a minha intimidade, eu segurando o seu cabelo e gemendo seu nome, olhamos para as duas e Mateus com a cara toda lambuzada do meu gozo.

- Alicia. - Minha sogra fala me olhando..

- Olá - Mateus fala ainda no meio das minhas pernas.

Eu olho para as duas sem saber o que fazer, os olhares delas me julgando me fez levantar e vestir a minha roupa.

Ana não sabia de nada e achava que keu casamento era perfeito, já minha sogra sabia de todas as merdas.

dois estão juntos? - Ana pergunta me olhando.  - Como assim Alicia?

- É complicado - Eu falo. - E complicado explicar tudo isso agora.

- Jonas não vai gostar nada disso - Minha sogra fala - A traição da esposa dele e do sócio.

- A senhora realmente quer falar de traição? -Eu pergunto.

- Você é esposa dele e você sabe o que você tem que fazer, o que seguir. Como que você se envolve com o sócio dele? Você fez isso para atingir ele, não foi? - Ela

me envolvi com Mateus porque o seu filho nunca foi homens suficiente dentro do nosso quarto -

- cala boca! - Ela grita

favor dona Sônia vamos conversar eu e você. -

é amigo do meu filho desde a faculdade, vocês tem negócios junto e você pega a mulher dele - Ela fala - Isso

Inadmissível e eu aceitar tudo durante oito anos. - Eu fAli

faltou nada para você, Jonas sempre te deu tudo, fez tudo por você mesmo eu dizendo para ele que ao se casar com você ele estava fazendo a maior besteira do mundo, porque você era uma vagabunda - Ela

- Dona Sônia. - Ana fala

Eu sou uma vagabunda? Me perdoe, mas vagabunda é as mulheres que o seu filho pega por aí. -

filho não vai gostar nada disso - Ela fala - Essa é a pior traição do mundo r eu vou contar tudo para ele, porque eu quero você fora daquela casa, fora da vida do meu filho e da minha neta - Ela me

conversar - Mateus fala preocupado. - Podemos resolver

Vocês traíram a confiança dele, acha mesmo que tem como resolver isso? - Ela fala. - Jonas e seu socio e seu amigo, vocês tem negócios junto e você é a esposa dele e mãe da filha

Engraçado que o Jonas me trair durante todos esses anos e super legal -