O SÓCIO DO MEU MARIDO 44

sprite

Capítulo 44

Alicia Rogers narrando

Alguns dias se passaram e eu me mantive em silêncio da gravidez e Jonas nem desconfiou.

- Hoje tem um jantar de sócios da empresa, preciso que você vá comigo – ele fala – eu sei que você não anda muito bem, mas vai pegar estranho eu chegar sozinho lá.

- Tudo bem, eu vou me arrumar. Que horas você me pega? – eu pergunto.

- As 20h – ele responde.

- Ok – eu falo.

- Aliás, Mateus vai estar – ele fala.

- Não se preocupe, não tem com o que você se preocupar – eu falo.

- Até a noite – ele responde e eu assinto.

Novamente a nossa relação virou aquela coisa morna, ele não ditava regras, mas eu não fazia nada ao contrário, a gente conversava e convivia o mínimo pela Maria Alice, sempre aquele clima estranho, a mesma coisa que era durante oito e anos.

Eu fiquei mais calada e muito pouco conversava, ele que as vezes tentava puxar um assunto o outro, mas eu não dava continuidade, não tinha vontade de se sentar e conversar com ele e nem com ninguém, as vezes eu não tinha vontade de se levantar da cama e só fazia isso por causa da minha filha.

Passo o dia pensando que poderia ver Mateus e por alguns segundos penso se deveria pedir a sua ajuda, pedir para que ele me ajudasse a fugir, mas lembro da mulher que atendeu o seu telefone, mas ele me prometeu que iria me ajudar, ele também não ficaria solteiro para o resto da vida, eu o mandei ir embora.

A verdade que eu passei oito anos tentando chamar atenção do Jonas, que ele sentisse o que eu sinto por ele e ele nunca me correspondeu, eu me emocionei e me iludi de mais com ele, achando que ele poderia ser o meu príncipe encantado, o amor da minha vida. Só que ai apareceu Mateus me dando tudo que eu queria em Jonas e eu me envolvi com ele, uma, duas, três, várias vezes até que eu me tornei dependente dele também, por pura carência.

Após a morte do meu pai, a descoberta do contrato e de saber que Mateus está com outras mulheres, eu fui caindo na realidade e percebendo que eu não era amada por nenhum dos dois, eles só queriam me usar.

Só que mesmo assim na minha cabeça a única forma de fugir gravida de Jonas, era pedir ajuda dele.

Chego no jantar ao lado de Jonas, vários fotógrafos e repórter querendo falando com a gente, como sempre nós era a sensação de todos os jantares oferecido pelo Jonas e pelas suas empresas. Tiramos várias fotos e depois entramos no jantar, não precisei andar muito para ver Mateus com a mão na cintura de uma mulher, ela sorria para ele e ele devolvia o sorriso para ele. Eu desvio olhar quando ele ver a gente chegando e finjo que não me importava com o que estou vendo.

- Alicia e Jonas – Kayla que era esposa de um dos sócios de Jonas se aproxima.

- Como a senhora está? – Eu pergunto.

- Linda como sempre – Jonas fala sorrindo.

- Você sempre galanteador e você encantadora – Kayla fala – como está a filha de vocês?

- Uma princesa – Jonas fala.

- Encantando e bagunçando muito – eu sorrio.

- Crianças são assim mesmo – ela fala – sinal de saúde.

- Verdade – eu respondo.

- Eu sinto muito pelo seu pai, queria muito ter ido ao velório – ela fala.

- Muito obrigada – eu respondo.

Vou deixar vocês conversando – Jonas fala se afastando.

- E a sua sogra, faz tempo que não vejo ela – Kayla fala.

- Voltou para china, ela estava aqui até algumas semanas – eu respondo.

- Graças a Deus que ela voltou, aquela mulher tem o diabo no corpo – ela diz rindo e eu começo a rir.

- Se a senhora que é amiga diz isso – eu falo.

- Ela deve ser a pior sogra que existe no mundo –

- Tenho certeza que há melhores – eu falo.

- Desde que ela perdeu o marido, pai de Jonas ela ficou amargurada – ela fala.

o pai dele morreu? –

não sabe? – ela

- Não – eu respondo.

Ele foi pego com uma amante em um motel, o marido da amante achou eles e ele assassinou os dois – ela fala – é, eles não falam

- Que horror – eu falo.

Foi uma tragédia na china – ela fala – o pai dele era um homem assim como ele, um Ceo de sucesso. Mas, a notícia não vazou, o dinheiro compra

Eu imagino que compre – eu

Ela tinha deixado um namorado para se casar com ele, ela dizia que com ele seria feliz – ela fala – mas no final, ele fez ela infeliz e a traiu como ninguém. Espero que Jonas não seja que nem

não – eu falo dando um leve

gente escuta os boatos Alicia – ela fala – Infelizmente dentro desse salão, se existir um homem infiel

Todos trai as esposas? –

mesmo meu marido –