Os Bebês do Bilionário O Dinheiro Não Comprar O Amor ( Completo) Precisarei de anos para me redmir

sprite

Cap. 47

   O Dinheiro Não Comprar O Amor

                       Leônidas

Amanda, pela Madonna mia, ela não pode saber disso, então rapidamente liguei para meu papa Carlos. Implorei para ele a levar até a fazenda, mandei mensagem para o pai dela também.

       Demorei quase três horas com a polícia, que após encontrar o médico da minha avó, e avaliar toda situação geral, entendeu que foi tudo armação da idosa, eles se foram, e me pediram para contratar uma enfermeira, e que ainda fosse fechado o acesso às redes sociais, de uma forma programada, sem ela se expor como estava fazendo, tinha vídeo dela chorando, e dizendo que estava fazendo tudo para me ter volta.

      Acabei ouvindo os conselhos, do médico, e da polícia e fazendo tudo conforme foi pedido, logo entrei em ação com meus advogados e a minha secretária, para tirar tudo da internet, porém levaria uns três dias.

      Estou exausto, mas enfim o estrago que minha avó fez, está sendo contido. Ela, porém, resolveu emenda o resto da tarde com a noite dormindo, fiquei preocupado, e fui falar com a empregada.

    

        — Nalva, e então minha avó ainda dormi, isso é normal?

           — Sim, senhor Leônidas, é normal, devido aos remédios, por isso acho que não teremos nenhuma ação da senhora Georgia, ao menos não hoje.

          — Va bene, isso é um alívio, mas escuta Nalva, já houve alguma crise ou algo assim nessa proporção?

           — Sr. Talvez essa foi a pior de todas, muito provavelmente porque ela está sem os bebês, e Amanda que fazia questão de ver ser ela tomava os remédios.

         — Certo então Nalva, cuide da minha avó, até que venha uma profissional.

"Amanda, ah amore mio, te voglio tanto, como você é boa!"

         — Mas, senhor Leônidas, a senhora Georgia não é sua mãe?

       — Não, nunca foi, ela é minha avó e mente a todos ser minha mãe.

         — Certo senhor, me desculpe, por fazer perguntas indelicadas.

          — Sem problemas Nalva, está mais que na hora dessa mentira vir à tona.

        Logo depois fui para meu quarto, acabei pedindo algo para jantar, porém meus pensamentos só estavam na Amanda, e nos meus filhos, e quando poderia estar com ela. Apesar de todo trastorno que passei, saber da verdade de como ela é inocente, e veio para mim me fez lembrar como fui idiota com ela.

     Realmente precisarei de anos para me redimir, ou talvez outra vida.

         

       Merda!... Eu mereço mesmo, está sem ela, e sem minha família.

         "Te amo Amanda amore mio!"

        Acabei chorando até dormir com meu sofrido arrependimento.

      Os dias se seguiram horríveis, várias notícias foram noticiadas, e uma delas eu fui taxado como um crápula por ter feito a Amanda ser minha barriga de aluguel, e que ela era menor de idade, em seguida outras reportagem com fotos da minha mãe Nathalie, eu nunca tive acesso a essas fotos, fiquei ali olhando tudo, minha avó realmente não teve limites, ela fez como se a nossa vida fosse um roteiro de filme,  ou novela e ela se passou como a senhora que fez tudo por amor ao seu neto amado, que ela queria como filho.

   

      Levando em conta toda louca ação da minha avó, ela pelo menos fez algo de bom, me deu o que nunca poderia comprar, mesmo sendo bilionário e sendo bem sucedido.

 

         O amor!...

Pois, o dinheiro não compra o amor, mas eu tenho certeza que tenho o amor da Amanda, puro é inegável.

       "Ha, Amanda, te voglio bene!"

    Isso me fortaleceu a aguenta, dia após dia, estou me dando bem com minha avó, na medida do possível, ela segue postando suas coisas nas redes sociais que agora são monitoradas, e apagada em seguida, eu não quis tirar dela sua única distração, ela está sentido falta dos bisnetos e da Amanda, e dos meus pais, eu então não poderia cortar a única fonte de distração dela, mesmo porque preciso trabalhar em dobro, e ela não para de fazer comida para me oferecer, e querer minha atenção, tento dar atenção, mas tenho muito trabalho agora com as empresas, então sempre tento mantê-la sob supervisão da enfermeira, uma jovem especialista em idosos.

 

      Falo com minha mamã todos os dias, e vejo fotos dos meus filhos e da Amanda, ela segue com enjoou de mim, não suporta ouvir sequer minha voz, me sinto muito triste com isso, porém estou firme esperando pacientemente que ela fique bem.

      Meu trabalho está sendo meu aliado para conseguir espera, trabalho quase vinte horas por dia, com intervalos com minha avó Georgia me perturbando, sinceramente ela está fazendo tudo que não fez, e me sinto até sufocado, porém no fundo satisfeito, pois queria ter tido isso na infância, pena que com meu avô não vou pode ter essa chance.

             Meses depois…

 

     Amanda não voltou para casa, eu estou fazendo um esforço sob humano, mas dei espaço para ela, minha mamã me disse que foi melhor assim, pois  a gravidez dela foi bem tranquila, e nada a abalou.

  Finalmente meu filho está chegando, e estou indo para o hospital. Precisei acionar um táxi aéreo, pois não queria perder tempo indo de carro.

  Realmente nunca pensei que Amanda fosse passar todo esse tempo longe de mim, mas não posso culpá-la, pois eu mereço todo o seu

 

      Estou chegando ao hospital, e não vejo a hora de vê-la. Meu coração está a mil por

       Minha mamã Flora ao me ver, me abraça, e já começa a falar que está tudo

         — Obrigada mamã, por te cuidado da Amanda, eu não tenho dúvida que foi o melhor para ela, a senhora sabe de toda loucura que houve, e sinceramente Amanda merecia um pouco

     — Da vero filho, foi melhor assim, pois ela está ótima e o parto está indo bem, parece que seu bambino só está te

      — Sério mamã, mas porque não fizeram logo o

       — Filho Amanda, que você com ela!

      — Oh! Mamã que maravilha,  finalmente, isso quer dizer que acabou? Então, Amanda não tem mais nojo de mim, é

         —

      

Aurora: Graciliane Guimarães