OS FILHOS DO SHEIK

Capítulo 74

Cam

- Devemos fazer o noivado logo antes da barriga aparecer – a rainha diz – Devemos noticiar em todos os lugares que os herdeiros de Dulbaí e Galil irão se casar.

- Mamãe eu estou em forma, super magra não é mesmo Cam?

- Sim – eu não tinha nem me casado e já estava farto de tudo.

- Faça a lista de convidados – ela falava com o secretário - Solte uma nota na imprensa que a princesa se casará em duas semanas – ela virou para mim e disse – Está bom para você duas semanas? – eu só concordei.

Meus pais olhavam para as duas como eu olhava, abismados nos perguntávamos como podem ser tão esnobes. Minha mãe tinha um olhar de pena, como se dissesse onde meu filho se meteu? E nem eu podia dizer onde tinha me metido. Como uma pessoa pode mudar assim, ela era tão legal, disposta e humilde. Onde foi parar aquela garota que conversou comigo e me contou de suas viagens?

- Não é mesmo Cam? – ela me pergunta.

- Desculpe, eu não ouvi a pergunta, pode me dizer novamente.

- Que devemos convidar muitas pessoas, mil convidados talvez, fazer uma festa muito elegante e luxuosa.

- Eu prefiro algo mais simples e somente para a família.

- Eu disse isso a ela – minha mãe disse.

- Imagina, eu quero que o mundo saiba que estou me casando com você – ela olhou para minha mãe – Festa íntima é para plebeus sogrinha, nos da alta nobreza devemos fazer festas para serem lembradas por gerações.

- Daniele eu não quero nada espalhafatoso – fiquei com raiva da resposta que ela tinha dado a minha mãe – Posso falar com você a sós.

Peguei no braço dela e sai arrastando ela pela sala, todos ficaram de olho, mas eu não estava mais agüentando aquela falação dela. E quando ela destratou minha mãe foi a gota d’água para mim, se eu não colocasse aquela mulherzinha no lugar dela eu iria ter sérios problemas.