POR TE AMAR ASSIM CAPÍTULO 16 - OS ATROPELADOS

sprite

__ De onde você saiu? __ Nelson a olhou sério.

__ Entrei na pista por um atalho, costumo fazer isso, como nunca encontro ninguém aqui nesse horário acabei me viciando em não olhar! __ ela riu desajeitada __ E você?

__ Saí de casa há uns quarenta minutos, já estava voltando! __ ele riu.

__ Nunca vi você aqui antes, se mudou pra cá ou está a passeio?

__ Mudei essa semana, tenho uma casa aqui! Meu pai foi um dos primeiros a comprar imóvel nesse condomínio e herdei a casa há quase dois anos, vim aqui umas duas ou três vezes com minha ex-mulher!

__ Moro aqui há um ano, alugo uma casa! Desculpe ter causado o acidente!

__ Vou desculpar se você disser seu nome! __ ele riu.

__ Leonora! __ sorriu estendendo-lhe a mão __ E o seu?

__ Nelson!

Começaram a andar, ela mancava e ele a amparou oferecendo-lhe o braço, com a mão desocupada ele empurrava a bicicleta.

__ O que você faz?

__ Sou administrador de empresas e advogado, exerço mais advocacia!

__Estou precisando de uma pessoa para cuidar de uns assuntos chatos! Não sou boa em administrar, quero alguém que cuide dos meus bens, desde que os herdei há dois anos conservei como estavam! Meu irmão disse que preciso organizar porque nos últimos anos papai já não cuidava bem dos negócios por já estar adoentado mas não aceitava que o ajudassem, só que não entendo nada de imóveis!

__ Se quiser farei isso pra você!

__ Quero sim!

__ E você, o que faz?

__ Sou veterinária, tenho uma clínica e um pet shop!

__ É mesmo? __ surpreendeu-se __ Minha ex-mulher e meu irmão são veterinários!

__ E onde trabalham?

__ Meu irmão trabalha também com animais de grande porte, mas mais com animais de pequeno porte, tem um consultório muito bem montado na fazenda, dá até pra fazer cirurgias! __ respondeu alegremente __ Sofia só trabalha com os de grande porte, faz alguns atendimentos mas cuida mesmo dos da fazenda da mãe dela, ela tem uma loja agropecuária!

__ Você tem filhos?

__ Não, e você?

__ Também não, eu queria muito ter filhos mas meu ex-marido não suporta crianças, e você, porque os não teve?

__ Sofia estudava quando éramos casados, não teria tempo pra um bebê, mas gostamos muito de crianças!

__ Eu também, agora se for me casar novamente quero logo ter filhos, pelo menos uns quatro!

__ Veja só que coincidência! Minha mãe pensa em ter exatamente quatro netos! __ ele brincou.

__ Seu irmão não tem filhos?

__ Não, nem quer se casar, é muito apegado à nossa mãe! Terei que eu mesmo providenciar os netos, vê como sofro?

__ Engraçadinho! __ ela riu __ Vamos entrar? Chegamos!

__ Moramos na mesma rua! Aquela casa com pareces de vidro e tijolos aparentes é onde moro!

__ É uma linda casa!

__ Obrigado, depois poderia ir até lá, pra conhecer!

__ falou ao abrir a porta __ Espere aqui, sente-se, vou lavar esses ralados e colocar remédio e já volto, trarei uma pomada pra passar em seu hematoma! Se quiser tomar alguma coisa, fique à vontade!

__ Obrigado! __ Nelson sentiu-se bem, o ambiente era aconchegante e ela era tão agradável, tão bonita!

No final de semana Nelson foi à fazenda, quando chegou a mãe estava dormindo, encontrou Celso no consultório, guardando vacinas na geladeira.

__ Trabalhando? __ falou alegre.

__ Já terminei! __ foi até ele e o abraçou __ Como está na nova moradia?

demais! Acho que até encontrei sua cunhada! __ riu maroto.

__ Minha cunhada? __ assustou-se.

__ Se chama Leonora, divorciada como eu e veterinária como você!

__ Mas e Sofia? __ olhou-o, não estava entendendo.

__ Já nos divorciamos, esqueceu? __ brincou estalando os dedos como se quisesse acorda-lo de um transe.

que quando disse que se casaria de novo, tive a impressão que seria com ela! __ sentiu o coração

pensou isso? Acho que não faz muito

Não sei, acho que o fato de você ter mencionado que tinham conversado pela manhã e que havia se decidido mudar pra mais perto justo quando ela resolveu

e eu somos amigos, muito amigos! Eu amo aquela mulher e não escondo isso de ninguém, mas como pôde pensar que eu me casaria com ela

Bem, você ficou falando nela, pedindo

falo muito em Sofia, isso não é novidade! __ riu __ Mas porque ficou tão sério quando pensou que era com Sofia e agora que digo que é com Leonora você parece estar feliz? Não gosta de Sofia? __ ficou intrigado e sentiu o coração doer em imaginar a desilusão da

__ respondeu constrangido, depois de algum tempo, indo pendurar o jaleco e saiu torcendo para que o irmão mudasse logo

Tenho a impressão que realmente não gosta de Sofia e não entendo o motivo, ela é a pessoa mais maravilhosa

Não tenho nada contra Sofia! __ andou mais rápido e o irmão

Então porque é sempre tão evasivo quando

__ Não sou evasivo! __ defendeu-se.

É sim! Por acaso ainda é ressentido porque ela se

Não! __ olhou-o assustado enquanto caminhavam, o irmão estava tão perto da verdade, tinha que fazê-lo mudar de assunto __ Não estou ressentido! Estou louco por um café, você

mude de assunto, porque não diz logo o que sente por Sofia? __