Viver Para Crescer Capítulo 39

sprite

Beatriz

1 mês depois

Um mês se passou e estaria mentindo se dissesse que minha vida não mudou completamente.

É incrível a forma como eu e Rafael estamos nos acertando.

Bem, estou trabalhando na empresa desde que voltamos da lua de mel. No início foi meio " difícil ", Mia não largava meu pé e fazia de tudo para atrapalhar meu trabalho.

Mas como sempre tudo vindo dela mandei para o lixo.

Ah, e também adquiri um plano anticoncepcional, coloquei um aparelho.. A médica disse ser melhor e mais viável que pílulas.

Durmo no quarto do Rafael desde então..

Quando voltamos não sabia exatamente como agir, ia me dirigindo para o meu quarto mas ele me levou para o dele e lá já tinha todas minhas coisas arrumadas.

Então estamos mesmo como um casal de verdade.

Saímos para jantar, vamos ao cinema, vivemos e nos cuidamos como um casal de verdade.

Tudo vai de bom para melhor.

Acho que o amo cada vez mais a cada dia que passa!

O sexo é incrível, Rafael é insaciável e eu me tornei igual a ele.

Hoje é sexta feira e depois de um dia longo de trabalho estamos nos dirigindo para casa..

A viagem da empresa para a Mansão é rápida e silenciosa.

Assim que chegamos me dirijo ao quarto e tomo um banho de banheira super relaxante.

Quando a água começa a esfriar saio da banheira..

Me seco e passo hidratante na pele.

Quando me inclino para pegar minha lingerie sinto um tapa na bunda e me viro.

- Gostosa. Se prepare, temos um jantar marcado com Alex, Yassmyn e a turma toda. Suas irmãs também vão. - ele diz e depois deposita um selinho nos meus lábios. - Vista logo antes que nos atrasemos ao jantar. - ele diz fitando meus seios nus com desejo.

Sorrio e me viro para me vestir.

Coloco uma lingerie preta, minúscula como todas outras!

Paro dentro do grande closet e penso no que vou vestir.

Depois de uma guerra interior me decido por um macacão branco com uma abertura enorme em uma perna e saltos altos pretos.

Prendo o meu cabelo em um rabo de cavalo e passo um batom lilás da Mac nos lábios.

Um bocado de lápis e delineador nos olhos e estou pronta.

Me viro e encontro Rafael completamente gostoso em calças sociais pretas e um blazer preto com camisa branca por dentro.

Ajeito a gola da sua camisa e deposito um beijo nos seus lábios.

- Eu amo você. - ele sussurra no meu ouvido.

Olho para ele completamente espantada. Dou dois passos para trás e o encaro em uma pergunta silenciosa. Será que foi isso mesmo que eu ouvi?

- Sim, foi isso mesmo.. Eu amo você Bia.. Porra, eu amo você! - ele diz olhando nos meus olhos e sorri amplamente.

- Eu também amo você Rafael. - digo baixo e sorrio.

Ele se aproxima de mim e me beija.

- Vamos senão nos atrasamos. - ele diz nos separando.

Saímos para a garagem e entramos no Mercedes Benz preto.

Seguimos para o restaurante e entramos..

Flashes de Paparazzis nos recebem e somos parados para algumas perguntas.

Seguranças que nem sabia que estavam ali nos fazem entrar e barram os

Somos recebidos por uma mesa cheia de amigos e nos sentamos.

A minha direita está Alex e a minha esquerda Rafael.. Ao lado de Alex está Yassmyn, ao seu lado minha irmã e Pietro, logo depois Bella e Lucas. Ao lado de Lucas está Zack e Sophia. Liam e Henri também estão aqui e estão acompanhados por duas mulheres do estilo bonecas.. Cheias de botox e tudo mais.. Seios enormes..

Fazemos nossos pedidos e ficamos conversando, a conversa flui animadamente enquanto comemos.

depois acabamos por trocar lugares, assim os homens falam sobre desporto e tudo mais que queriam falar enquanto nós, as mulheres tratamos nossos assuntos.

Estranhamente me sinto cansada, sendo que não passa das 21 horas da noite! Ignoro e continuo conversando com as meninas.

Sophia é uma mulher linda com um corpo de matar, acredito que o que tenha com Zack seja para valer por se mostrar ser muito simples.. É daquele tipo de mulher que você se engana na primeira vista.. Talvez seja da aura que ela exala, mas que dará uma boa amiga dará..

Yassy já a conhecia muito bem, o que tornou muito mais fácil para a gente se dar bem.

é sempre mulher, já combinaram um dia no spar, massagens e fazer as unhas e isto e

Me sinto cansada só de pensar no assunto, vê se pode.

Marcamos tudo para semana que vem e continuamos conversando sobre assuntos aleatórios.

Algum tempo depois voltamos para casa..

Nos despedimos de todo mundo e seguimos para casa.

Me sinto cansada, como se meu corpo estivesse fatigado e precisando de um descanso!

Assim que chegamos em casa e entramos no quarto, tiro meus sapatos de salto e Rafael os massageia.

- Hmm.. - solto um gemido de satisfação.

Oiço um grunhido e então ele me levanta me pondo em pé fora da

- Vamos tirar você dessa roupa? - ele sussurra no meu ouvido já abrindo o meu zipper.

de segundos estou apenas de roupa

se afasta para uma visão melhor do meu corpo na minúscula lingerie

Isso é considerado peça de roupa? - ele pergunta ainda olhando fixamente para tudo no

que sim, olhe, tapa o essencial. - digo sorrindo e me virando para dar lhe uma visão privilegiada da

a intenção de colocar mais lenha na fogueira me coloco de quatro e separo as

tapa minha boceta.. Não é tão minúsculo assim. - digo

não responde nada, apenas deposita dois tapas seguidos na minha bunda e rasga logo minha calcinha

Um dia você ainda me mata de tanto me surpreender. - ele diz e logo enterra sua cara na

língua me invade e minhas pernas fraquejam. Meu corpo anseia por ele e por seu

meu sutiã enquanto me chupa e o ajudo a tirar o mesmo que vai parar em algum canto do

mãos massageiam meus seios enquanto sua língua massageia meu clitóris me fazendo tocar o céu e

gozo e quase desabo na

que eu me acalme e logo depois

Minha vez agora. Comece por despir a minha roupa. - ele diz naquele tom dominante molhador

eu retiro sua roupa e beijo seu peitoral assim que este se

me ajuda com a calça e a cueca, ficando nu a

devolver o prazer que ele me proporcionou, deposito beijos no seu corpo e ele faz com que eu me sente

Controle a respiração para não engasgar. - ele diz baixo com os olhos