Meu Dono do morro Capítulo 62

sprite

Lara

Mandei mensagem pra Gio quando cheguei no baile, ela disse que estava chegando.

Lara: A Gio já está vindo. - falei pro Matheus que estava esperando o Alex pra resolver uns negócios em relação as drogas recém chegadas.

Mat: Cadê a Ju?

Lara: Como o Henrique, se resolvendo.

Mat: Oh Júlio. - chamou o Júlio quando ele subiu pro camarote ao lado de uma menina loira. - Essas pessoas desconhecidas são de onde?

O baile estava cheio de cara novas, uns playboys e umas minas patricinhas.

Júlio: Asfalto patrão. - Matheus assentiu e Júlio se sentou no sofá com a garota.

Gio: A gostosa chegou. - chegou puxando meu cabelo de leve.

Lara: Cheguei faz tempo amor. - pisquei para ela que mostrou lingua. - Vamos desce, não estou afim de escuta esses assuntos entediantes. - falei pro Matheus.

Mat: Desço daqui a pouco.

Gio: Que é esse povinho novo aqui? - olhou ao redor descendo as escadas comigo.

Lara: Do asfalto. Parece que libertou hoje.

Gio: Cheio de gatinhos, oh eu solteira.

Lara: Deixa o Alex escuta isso. - falei rindo. - Quer um suco ou água? - falei quando chegamos no bar.

Gio: Suco, água lá em casa tem. - falou me fazendo rir.

Dançamos pouco. Gio estava cansando rápido por conta por peso da barriga.

Alex: Olha essa barriga no meio do povo Geovana, já falei que é perigoso.

Gio: Sim papis. - revirou os olhos. - Quero ir no banheiro, vamos Lara. - me tirou dos braços do Matheus me arrastando pelo baile. - Cadê a Ju? - perguntou e eu expliquei a situação para ela.

Lara: Eles se resolve hoje. - disse antes dela entra no banheiro. - Anda Geovana, vai morar aí no banheiro é? - falei depois de minutos que ela ficou tracada no banheiro.

Gio: Esse calça do caralho, porra ruim para abotoar. - disse abrindo a porta. - Já usou o banheiro?

Lara: Já, agora vamos. - arrumei seu cabelo que caia no rosto.

O baile de última hora lotou, o movimento estava grande pra porra.

Gio: Viu aquilo ali?

Lara: O que? - a olhei.

Gio: Mina arrastando asa pro Matheus. - apontou com o queixo.

garota sorriu enquanto o Matheus mantia sua cara fechada. Ela tinha cabelo pretos com as pontas loiras e usava um short rosa e um cropped preto.

Falava com o Matheus que só balançava a cabeça.

Lara: Conhece?

Gio: Eu não. Deve ser do asfalto.

Lara: Vou lá, espera aí. - concordou e foi até a mesa que o Alex estava.

Fui pro trás do Matheus, se ele estivesse dando mole para ela, eu saberia.

Xxx: Deve ouvi muito isso por aí, você e muito atraente - disse mordendo os lábios.

Mat: Se toca. - a menina perdeu o foco mas logo retornou a dizer.

disse que você é o patrão daqui. - enrolou uma mexa do cabelo no dedo.

Lara: E eu sou a patroa. - me aproximei do Matheus que colocou seu braço na minha cintura.

Xxx: Como? - me olhou debochada.

amor, entende não? - a

Xxx: Não, não entendi.

  Ela é minha mulher, entendeu o quer que eu desenhe? Raciocínio fraco.

Não sabia que tinha mulher, mas sei que vocês do movimento, tem mais de uma mulher. Posso se mais uma. - tentou coloca a mão no ombro do Matheus e eu a seguirei no

Vaza garota, ele tem uma mulher que sou eu. Se não quiser amanhece com a boca cheia de formiga,

ele disse. -

fude garota. - olhou para ela. - Escutou não porra? Mandou vaza, vaza.

me encarou alguns segundos e saiu rebolando.

vou de um minuto de paz? - disse enquanto Matheus beijava meu pescoço me fazendo

sou gostoso demais. - dei um tapa no seu braço o fazendo rir. - A mina falou cada coisa, falou como eu sou gostoso,

Quer apanha Matheus? - o olhei. - E você disse o que?

nada, a porra falava sem descanso. - me deu um selinho. - Eu ia fala que não estava interessado nos cabelos coloridos dela, que eu já tinha minha mulher gostosa, morena, surtada e iria alertá-la a ir