O CEO Noivo Da Minha Irmã Um Amor dos sonhos o início

sprite

Cap. 01

O CEO Noivo Da Minha Irmã

Gisele

Ainda estou meio tonta, com a velocidade e todas as mudanças que aconteceram na minha vida recentemente, porém é mágico está aqui finalmente na Grécia, mas de repente minha meia irmã invadir meu quarto.

— Gisele, vem você tem que me ajudar!

Implora Karina que mal acabei de conhecer, pois cheguei a pouco mais de uma semana vinda do Brasil, o país que nasci e fui criada, mas que sempre soube que era só por um tempo, e que o meu país de coração era a Grécia, e a cidade de Atenas o coração do povo grego.

— Certo, você tem só que me dizer o que precisa?

Perguntei, mas não fazia ideia que seria tão difícil.

Rapidamente chegamos a sala da casa, pois mal tive tempo entender, e logo fui abraçada por um homem, que ela me apresentou e definitivamente, rolou um clima meio estranho, mas sinceramente o pior ainda viria, meus avós e o meu pai e a mulher dele, e por último o homem mais lindo que já vi, entrou na sala e nos cumprimentarmos, em seguida mudamos para a sala onde logo depois o jantar deu início, porém foi inevitável e cheio de tensão, eu simplesmente queria sumir, ou fingir se invisível, porém não podia escapar...

Estou tentando entender, mas é impossível, Karina minha meia irmã acaba de me colocar em uma situação chata, e definitivamente ela só pode ser louca!

Por tentar fazer isso, pois ela está enganado o noivo, e o que pior acabei tento acoberta-la na mentira, e essa situação pode ser muito mais complicada do que parece, ainda mais para mim, que sou a filha ovelha negra da família, e já carrego o triste fardo de ser a filha bastarda que foi escondida junto a minha mãe, que era uma simples empregada brasileira para mora longe de todos, na terra natal dela, mas agora tudo ficou no passado, e por isso atendi ao pedido do meu pai e vim para Grécia…

estou realizando um sonho o de conhecer meus avós, e o lindo país que minha mãe Joana encantada na juventude fez a maior loucura da sua vida tentando mudar de vida, mas agora sou eu que estou cheia de esperança para poder assim ajudar-lá, então não pensei duas vezes, em vir tomar o meu lugar de direito, mas sinceramente estou com medo, e mamãe foi bem clara, e me pediu para eu não me metesse em confusão, porém acabei de me enfiar em uma das grandes.

A conversa seguintes na mesa de jantar era definitivamente sobre assuntos, que eu na minha humilde vida no Brasil não fazia ideia, então me mantive calada, e só depois do jantar, me levantei para ir a sala com todos, e aceitei a mão do homem, que aceitei sem querer me passa por sua namorada, já que era esse o plano da minha meia irmã, ela me explicou por alto que era para despistar um mal entendido que aconteceu, mas eu não sou tão boba, e percebi que ela só quer esconder a verdade da sua mãe, e do nosso pai e do noivo, em soma de todos, eu de verdade custo acreditar que ela olhe para outro, tendo um homem estonteante como o noivo dela, apesar que esse outro é bonito também, porém o noivo dela ganha de lavada.

Infelizmente não consigo parar de olhar para ele, e me sinto morta de vergonha, pois ele percebeu, e a Karina também.

Minhas bochechas estão queimando, e seguramente estou vermelha.

Ai que vexame, se eles souberem que estou pensando assim, vou cair durinha no chão… Mas, ele é tão lindo e Karina minha irmã é muito sortuda.

Um imenso alívio senti assim que minha irmã saiu com seu noivo, e logo depois o homem que supostamente eu estou namorando foi embora.

madrasta e o meu pai, e meus avós me passaram um tipo de sermão, e tive que ouvir sem falar nada, a situação só não foi pior porque logo meu pai tentou ser compreensivo, e me disse que eu era diferente da minha irmã e ele não esperava mesmo que eu fosse uma moça certinha, vindo de onde vim, já que minha mãe Joana

Fiquei morrendo de vergonha, pois entendi perfeitamente sobre o que eles quiseram me dizer, apesar que minha madrasta foi super carinhosa comigo até então, e realmente ela é uma mulher admirável, por ter me aceito mesmo que depois de tanto tempo, mas isso não mudar nada a sensação que me persegue, já que sou eu a prova viva da infelicidades nos olhos dela, que ela tenta disfarçar.

Finalmente consegui ir para meu quarto, e resolvi fazer o de sempre mandei mensagem para a minha mãe, contando do meu dia, mas passei longe de conta o que fiz, pois não valia a pena deixá-la triste, já que ela me pediu tanto para

minha mãe confessou que deu em cima do meu pai, e até ele ceder e o único encontro sexual que eles tiveram deu origem a mim, e ela envergonhada pegou o dinheiro oferecido por meu pai e se foi, já que ele não fez como ela imaginou, que era querer mantê-la como sua amante exclusiva cheia de mimos.

voltou ao Brasil, comprou uma casa para os pais, muito pobres, e achou que seria tudo maravilhoso até eles descobrirem a gravidez, e por ser uma cidade pequena do interior, os pais dela não quiseram ela grávida, para ser apontada como a mãe solteira da cidade e trazer vergonha, e nesse momento ela já estava arrependida do que fez, e só queria ser uma jovem sem passado de amante, então ela foi morar na capital de minas gerais, Belo Horizonte, e com restante do dinheiro alugou um pequeno apartamento, e tentou trabalhar no que pode, mais ela acabou sendo roubada, e logo a realidade dura da vida cobrou seu erro, e ela se viu sem dinheiro e sozinha e com uma bebê, então ela teve que fazer de tudo até pedi na rua, e finalmente a sua sorte mudou um pouco ao encontrar um casal e ir trabalhar para