O CEO Noivo Da Minha Irmã Um Amor dos sonhos O Jantar

sprite

Cap. 02

       O CEO Noivo Da Minha Irmã

                         Adrian 

    Não posso acreditar que em pleno século vinte um, ainda existe esse tipo de conservadorismo patético, pois eu realmente não me aposentei das pistas de corrida para ser parado por velhos na minha própria empresa, estou rindo de nervoso, pois era só que me faltava ter que se casado, para fazer o quero, mas que merda!

       Ok, que é a Karina é linda, e sempre me amou, porém eu nunca pensei em me casar com ela, e por isso nunca a toquei por saber que ela era para casar, mas talvez o meu pau também não sentiu tanta atração assim, mas ela foi muito inteligente ao me ajuda na negociação do conselho geral dos velhos gregos, já que por eu está a pouco tempo a frente dos negócios do meu pai, sou tido como um sem experiência, porém esses velhos toscos vão se ferrar, e finalmente vou poder importa as tecnologias e moderniza todo o processo dos destilado, e ainda pretendo lançar os vinhos para o mercado mundial, já que é isso o que realmente me interessa, e nada vai me parar, mesmo tendo que fazer esse sacrifício de me casar, porém farei um contrato antes, não vou me enforca para sempre.

        Estou indo jantar na casa da família Floros. Pois minha noiva faz questão de manter o vínculo familiar forte, meus pais estão viajando e por isso sou obrigado a passar por isso, e Karina me disse que chegou sua irmã mais nova, e que seria delicado eu conhecê-la antes do casamento, já que seremos cunhados.

      Mal entrei na casa, que realmente já foi muito elegante, porém está precisando de reformas por todos os lados, mas é admirável os esforços do casal idoso Floros, para manter as aparências... 

    Palis e Eugênia são muito boas pessoas, e não mereciam ter um filho tão cabeça oca, como Xavier, pois ele perdeu a fortuna da família por mal investimento, e sua parte na empresa, pois meu pai não poderia fazer nada, e comprar a parte deles foi o melhor a se fazer.

     E agora, acabei de quitar a dívida da casa com os banqueiros, pois não vou deixar os avós da minha noiva, e os pais dela sem teto, e Karina realmente foi incrível ao me ajudar, já que definitivamente eu queria era mandar tudo para os ares, mas realmente já me diverti muito por aí, e o casamento não será tão ruim, meus pais a tempos pedem netos, e estão felizes com o casamento, já que as famílias são muito amigas.

         De cara fui recebido como sempre muito bem pelo casal idoso, e ao me dirigir para sala onde já estavam todos, me surpreendeu muito ao ver meu primo Gael, e sua total liberdade com a recém chegada irmã da minha noiva, mas logo entendi o motivo, eles estão namorando e segundo Karina foi amor à primeira vista, e a moça é realmente muito atraente e entendi o interesse imediato do Gael, ela é parecida com a Karina, mas bem mais jovem e o seu corpo é bem mais cheio de curvas, e definitivamente não tem como não olhá-la, apesar dela ser novinha, isso ficou claro, mais pelo que sei das novinhas de hoje essa deve ser uma bem atrevida, pois não para de me olhar e ela está totalmente cheia de interesse em mim, e sim, eu fiquei atraído.

      Infelizmente para mim, o pior foi ao tocar sua mão, senti imediatamente o familiar comichão de atração sexual.

O jantar se tornou quase insuportável, com Gael falando dos negócios e tentando me dizer que o certo seria ele está na cadeira de CEO, e não eu, definitivamente ele não cansa de mostrar que ele sim, não saiu de perto dos meus pais, e ficou tomando conta de tudo, e que ele está fazendo um esforço enorme para aceitar a minha punhalada pelas suas costas, já que ele nunca imaginou que fosse desistir das pistas de corrida, e por isso sempre esteve aqui, dispensado oportunidade em vários lugares do mundo.

       A novinha da minha cunhada ao menos me fez entender que valia a pena está ali aguentando meu primo, pois ela não teve nenhuma vergonha ao continuar a me olhar e me envia sinais de interesse, até sorri por dentro, pois enquanto o Gael me atacava a sua nova namorada, estava flertando comigo.

      Seria excitante, se não fosse impossível, pois não sou santo, mas arrumar problemas dentro de casa seria um inferno.  

       O jantar enfim acabou e Karina me pediu para sairmos um pouco, acabamos indo a uma taverna bar, e ela fez questão me conta toda história da sua irmã caçula, eu não esperava outra coisa, já que era óbvio que a novinha era uma

     

       — Então, você não vai falar nada,

      Karina me olha cheia de interesse, em saber minha opinião, resolvi ser sincero quanto ao assunto, e ela ficou

      — Para mim é igual Karina, acredito que a única que tenha alguma coisa a dizer é sua mãe, e pelo que vi ela está totalmente de acordo e aceitando a situação, então sua irmã é bem vinda, apesar da péssima escolha dela quanto a

        — Aí querido, você sabe como são essas garotas novas, e de onde ela veio, acho que lá elas são muito dadas, e seu primo é

         — É, Gael é um playboy, e se eu fosse você Karina, falaria isso a sua irmã, já que ela parece ser bem