O CEO Noivo Da Minha Irmã Um Amor dos sonhos Me beije

sprite

Cap. 26

O CEO Noivo Da Minha Irmã

Gisele

— Pronto, ninguém vai nos interromper, mas Gisele agora posso entender porque raios você não pode sequer teve chance de chegar perto de mim, antes.

— Sinto muito Adrian, eu não sou corajosa.

— É, eu percebi Gisele, pois você parece um ratinho encurralado, sem muita reação, e se eu não fosse ao seu encontro, você simplesmente iria embora sem lutar e talvez nunca voltasse a me ver, é isso?

— Não, eu voltaria, eu juro, preciso que você se lembre de mim, de nós, pois eu quero tudo que você me ofereceu, Adrian!

— Certo, ótimo, então me ajude, pois primeiro preciso me deitar, e você então vai me dizer, qual era nosso acordo, e como nós ficamos juntos, pois quero saber tudo, e todos os detalhes, quero lembrar como você e eu começamos a trai sua irmã, mas o principal porquê você ficou grávida, eu não lembro de nada, mas nunca fui irresponsável para transar sem preservativo!

— Tá bem, vou contar tudo que você quer saber, e por favor fique calmo, não quero que você piore, preciso que você se cure logo.

— Ótimo, e tudo que eu quero, também pois odeio hospital!

Ajudei ele a se deitar, e em seguida contei tudo, desde do início da nossa relação, e que a Karina o traiu com o primo dele Gael, e que ele precisava se casar por causa da empresa da sua família, e então me levou ao apartamento dele para me seduzir por vingança, porque eu ajudei minha irmã a esconder a traição dela, me passando por namorado do Gael primo dele.

Adrian me ouviu atentamente e me fez várias perguntas íntimas, de onde, e quantas vezes ficamos juntos, tive que conta tudo, até como ele me seduziu e todos os detalhes, e que eu era virgem, e todo o problema do acidente da Karina, e depois nossa vinda para os EUA, e que voltamos a ficar juntos a partir então, e suas promessas sobre ele se casar comigo e o final quando voltamos da corrida de hobby dele no circuito próximo a ponte de São Francisco, e em seguida como ele passou mal após nossas discussões sobre ele ter nos exposto na mídia.

Adrian está pensativo, e estou ansiosa esperando ele responder a tudo que contei a ele, mas como ele não fala nada, eu então resolvi perguntar, pois não posso esperar mais para saber o que se passa na cabeça dele.

— Prontinho acho que falei tudo, e agora Adrian você acredita?

Adrian, enfim resolve dizer alguma coisa, e notei imediatamente que ele tenta ser cometido com as palavras.

— Bem, Gisele, é incrível tudo, e estou impressionado, e sinceramente um pouco decepcionado comigo, pois se você está dizendo toda a verdade, isso que fiz com você foi horrível, e peço desculpas pelo modo que começamos, mas eu no fundo acredito em tudo, pois sonhei com você, e ainda que não pudesse ver seu rosto, tenho lembrança nítida do seu corpo, e sua voz desde do dia que ouvir no centro de referência para cegos, e o seu cheiro, e toque, eu não posso negar que há uma conexão muito forte que nos unir!

— Sim, eu sinto também Adrian, e sei que quero você!

— Mas, é o Nathan, Gisele, o que ele é para você?

— Por favor, eu não tenho nada com ele, o doutor pode te dizer isso.

— Certo, é que eu não me sinto seguro em...

— Ai não, pode parar, eu já estou entendendo tudinho, e você não precisa dizer nada mas Adrian, você não me quer é isso!

— Não é isso Gisele, é que você não pode querer está com alguém que fez tudo isso com você!

— O quê, você está dizendo, Adrian? Pois, não entendo nada do que você está falando!

Ei, vem aqui me deixe pegar sua mão, e tocar no meu filho!

— Para quê, Adrian, se você acabou de mostrar que não quer nada comigo, e só fingiu lá fora para os seus pais, e para minha irmã Karina, que se importa com o nosso filho, por curiosidade!

Boneca, ainda estou tentando digerir tudo que vivemos, mas não sinto orgulho do que te fiz passar Gisele, pois você só sofreu ao meu lado, e fui abusivo e manipulador e te forcei a se entregar a mim, e ainda por cima nem te protegi, é pois mais que seja duro admitir, eu tenho que dizer, Gisele eu não te mereço!

— Entendi, então eu acho melhor eu ir embora, pois realmente eu tenho um trabalho me esperando, e meu filho não pode ficar esperando migalhas do pai dele, como eu estou fazendo!

"Ele não gosta de mim, aí eu estou arrasada."

a mão dele da minha barriga e comecei a ir para a porta, mas Adrian logo protestar.

Não Gisele, por favor, não vá embora, meu bem, você está entendendo tudo errado, pois eu não estou fugindo da minha responsabilidade junto a você, Gisele eu farei o certo por você e pelo bebê, mas não posso ser como antes, um playboy irresponsável, que não pensou em nada a não ser em mim mesmo!

— Ok, obrigada por dizer que vai me ajudar a cuidar do bebê, mas está tarde, e preciso ir cuidar da Julie.

Adrian, notando meu completo empenho em ir embora, logo se levanta da cama e anda até a mim, e me segura, estou tão frágil que imediatamente o abraço, e ele me aperta nos braços de forma protetora, e voltar a falar.

Gisele, me dê um tempo para que possa ser o Adrian que você espera, pois não é fácil, querer quebrar minha própria cara, eu fui um ogro com você, e você é jovem demais para carregar um fardo tão grande, pois não sei se estou saudável, ou se vou piorar a qualquer momento.

Não é verdade, você está recuperado, Nathan me garantiu e mesmo se não estivesse não me importa, pois eu só quero saber se você me quer Adrian, ao menos um

— Oh Gisele, não chore, pois por mais que não lembre, eu sinto que quero você, pois meu corpo sente que você é minha.

— Me beije Adrian, por

— Tem certeza,

— Sim.

foi intenso, demorado e logo depois ele não disfarçou, pois realmente o esforço foi

Gisele eu preciso descansar, mas não vá, fique

— Não posso, Adrian, pois preciso voltar ao trabalho, e você precisa dormir, vou te ajudar a

Adrian, não impôs resistência de volta à cama, de repente, porém alguém está batendo na porta, e chamando. Pela voz pude saber que era o Nathan, e então fui e abri a porta, e ele rapidamente entrou e foi examinar o Adrian, talvez pelo esforço que ele fez e muito provavelmente Nathan foi avisado por alguém, e então levou alguns minutos até ele começar a dizer

— Está tudo bem, amigo, mas nada de sair por aí como você fez, pois eu já souber da sua

Não vou a lugar nenhum Nathan, com tanto que você deixe a Gisele ficar aqui comigo, a dispensado do trabalho na

Da minha parte tudo bem, Gisele fique com o meu amigo teimoso, pois ele precisa de