O CEO Noivo Da Minha Irmã Um Amor dos sonhos Não vou deixar isso acontecer

sprite

Cap. 38

O CEO Noivo Da Minha Irmã

Gisele

Fui então abrir a porta, e Karina minha irmã tomou um susto ao me ver, mas logo ela começa a me encher de perguntas, exigindo explicações.

— Oh!... você, como você veio parar aqui no quarto do meu noivo, Gisele?

— Ola, boa tarde, irmã!

— Não me chame de irmã nunca mais, pois você não é nada minha, Gisele, e agora me responde o que te perguntei!

Karina entra na ante sala do quarto, como se realmente tivesse direito de estar ali, e já olhando para o lado esquerdo querendo ir até o quarto, mas eu não vou deixar isso acontecer, então já sou direta.

— Olha Karina, acho melhor você ir embora, pois o Adrian está dormindo, e acho que é ele que te deve explicação e não eu!

— Sua ordinária atrevida, eu não vou sair, pois é você que está no lugar errado, e não eu, então fora daqui do quarto do meu noivo, Gisele, pois já não me interessa o que você está fazendo aqui!

— Ei, espera aí, Karina, não fale assim com a Gisele!

Adrian, entra na sala vestido com o roupão, e todo bravo já se coloca ao meu lado e começa a mandar a Karina embora, afirmando que é o acordo de fachada que eles tinham, acabou!

Porém, Karina não reage bem e logo depois tenta desmentir ele.

— Ah, Adrian querido não minta dizendo que não temos nada, pois você eu somos noivo a muito tempo, e não tem sentido nenhum viajarmos juntos assim, pois você me trouxe aqui para dormimos juntos, e você não pode mentir que não temos nada, e muito menos me vai me deixar para ficar com essa dá aí!

Sinceramente estou sem chão, pois ele me disse que eles nunca ficaram juntos, então perdi a paciência, pois sou uma boba em cair na conversa dele, e já estou no meu limite, e então tento sair, pois realmente homens mentem, e estou sendo enganada.

— Melhor deixar, vocês conversarem a sós.

Digo em um fio de voz, e já vou indo em direção a saída, porém Adrian, vem e me segurar.

— Onde você pensa que vai, Gisele?

Saí ir por aí, ainda não sei onde, mas só sei que não vou ficar aqui sendo uma idiota, e vocês dois se merecem!

— Gisele, por favor, amor você não pode acreditar na Karina, ela está mentindo, eu nunca transei com ela, pois ela nunca me atraiu, e só para constar, aqui quem implorou para vir para o Brasil foi ela, por causa da mídia, e patrocínio que ela recebe por minha fama.

— Me solta Adrian, pois acho melhor eu ir, mas não se preocupe eu não irei longe, pois não tenho nem ideia de onde estou e...

Que lástima já estou quase chorando, pois infelizmente a gravidez me deixa emotiva muito rápido, e ele não me deixar sair, e segue tentando me abraça, e já me interrompendo, e olhando para minha irmã morrendo de ódio, dispara, e sou obrigada a continuar ali morrendo por dentro, porque não acredito mais nele.

— Merda Karina, para de ser patética, pois você sabe que nós estávamos só fingindo um noivado que não ia chegar em lugar nenhum, e você nunca foi minha mulher, quer saber, eu estou casado agora com a Gisele e portanto acabar aqui, esse compromisso fracassado, que mantive com você!

Karina ao ouvir que ele está casado, me olha com ódio mortal, e vocifera.

Não acredito que você foi idiota para casar com essa bastarda, ah mais é claro, você fez isso porque ela está grávida, não é? Mas olha Adrian, esse bebê com certeza não é seu!

Sem acreditar no absurdo da mentira e da dúvida que a minha irmã queria causar, então reagi, pois não sou mentirosa como ela. E, mesmo ainda com dúvida, mas já pensando na possibilidade dela está mesmo mentido, e o Adrian está falando a verdade sobre o relacionamento deles, disparei, me soltando dos braços do Adrian.

— Cala boca Karina, pois você não vai levantar essa mentira, sobre mim, pois o meu bebê é do meu

— Tá bem, vamos ver então se meus sogros vão aprovar você, sua bastarda e esse

cheia de si, me lembra que os pais do Adrian estão do lado dela, mas logo ele reage e me defende de

meta meus pais nisso Karina, e mesmo porque eles não são seus sogros, e eles vão aceitar sim a minha mulher e o meu filho, e se você não tem nada a haver com isso, e se você for inventar qualquer coisa, desde já, eu te aviso que vou te demitir da empresa e atrapalhar muito seus negócios com os patrocinadores por minha causa, e por minha fama, e para começar, peço que você vá em busca de uma passagem em um vôo comum, pois no meu jato você não

Após ouvir as palavras certeiras do Adrian, Karina então tenta mudar sua tática e começa a fingir

Oooh, você não pode está falando sério Adrian querido, pois eu não posso fica sem meu emprego, pois sou eu que sustento a minha família, e inclusive estou reformando a casa, e preciso muito dos patrocinadores, e não posso voltar para casa de qualquer maneira, pois esse país e cheio de

— Basta, Karina, e não me interessa mais nada sobre você, e agora fora

De repente, uma Karina toda humilde, se volta olhando para mim, e me pede ajuda, coisa que me deixou totalmente de boca aberta, de como ela é boa atriz e mudar conforme a