O SÓCIO DO MEU MARIDO 13

sprite

Capítulo 13

Alicia Rogers narrando

Estou com Ana , a gente almoça juntas e depois nos dirigimos para o endereço da galeria onde, Mateus tinha dito ontem que ele não estaria mas que a galeria ficaria aberta.

-É aqui – Ana fala.

- Vamos tentar achar , deve ter o nome dele na sala – eu falo.

Entramos dentro de uma galeria gigante com várias sala e vamos procurando pelo nome dele , Jonas não tinha falado nada ao contrário para eu vir até aqui, quando questionei essa manhã ele apenas disse que eu deveria sair com Ana já que eu só ficava em casa e que a babá iria cuidar de Maria Alice.

O telefone de Ana toca quando a gente encontra a sala de Mateus.

- Meu Deus – Ana fala – eu estou indo para aí agora mesmo.

- O que foi? – eu pergunto

- Minha cadelinha foi queimada no pet – ela fala – eu vou lá, tem problema te deixar aqui?

- Não – eu respondo sem reação e ela sai correndo.

Eu fico ali sozinha no começo da sala de arte de Mateus e olho para dentro vendo alguns quadros e vejo todos com a sua assinatura embaixo. Começo olhar quadro por quadro e realmente eu nunca entendi nada de arte e para mim estava vendo imagens normais.

- Está gostando? – ele pergunta e eu olho para trás vendo ele parado na porta com algumas tintas na mão.

- Eu achei que você não viria – eu falo.

- Eu tinha uma reunião com uma corretora mas acabou antes – ele fala.

- Está procurando casa? – eu pergunto.

- Um apartamento para quando eu tiver em Nova York – ele fala – estarei bastante por aqui.

- Sim – eu respondo – essa é uma cidade muito boa de morar.

- Gostou dos quadros? – ele pergunta.

- Eu não entendo muito, mas são lindos – eu falo vendo um que estava virado para janela e vou até ele, vendo traços familiares.

- Sim, é você que eu estou pintando – ele fala e eu encaro ele – mas eu ainda não terminei.

- Porque? – eu pergunto.

- Porque o que? – ele diz rindo.

- Que você está pintando um quadro meu?

- Você me inspira – ele fala – me deixa inspirado, toda vez que eu te vejo. Confesso que fiquei animado quando você disse que viria aqui e fiquei chateado quando Ana disse que iria vir com você.

- Ela teve que ir embora – eu

- Eu vi ela saindo correndo – ele fala.

porque você queria que eu viesse? – eu

- Para finalizar o seu quadro – ele fala – nada melhor do que ter a minha musa inspiradora na minha frente.

- Não deveria deixar esse quadro aqui – eu falo – se Jonas vem e ver isso.

- Ele não é um cara que pararia numa galeria de artes para visitar o sócio dele – ele fala – ele deixou claro que não gosta disso.

- Ele não é nada sensível – eu respondo.

- Deu para perceber principalmente na discussão de vocês ontem a noite – ele fala.

- Você escutou? – eu questiono.

- Todo mundo – ele fala – vidros quebrando, ânimos exaltados. Ele conversou comigo, me explicando que foi uma besteira o que aconteceu

- Ele disse isso? – eu pergunto.

- Ele sempre te trai? – ele questiona.

te interessa – eu respondo e ele

Acredito que você nunca tenha beijado outro homem depois que se casou com ele – ele fala – fico intrigado que vocês tenha oito anos de casamento e ainda são dois desconhecidos morando dentro de uma casa com

com o tempo ficam desgastados, daqui a pouco a gente consegue levantar ele e voltar o que era antes – eu

E como era antes? – ele pergunta e eu olho para ele – você o beijava como me beijou

esse beijo – eu falo e ele me olha – você costuma pintar

pintei, apenas você – ele fala – mas não faltou proposta de mulheres querendo que eu pintasse elas, também sou bom em

Porque elas querem ser pintadas? –

auto estima , para se sentirem sensuais – ele fala – assim, como nos ensaios também. – ele se aproxima colocando as tintas em cima de uma mesa – você não gostaria de ver uma foto sua ou uma pintura e ver uma pessoa diferente – ele me vira para frente do espelho e se coloca atras de mim – do que você está vendo na frente

Para com isso, você está dizendo besteira - eu

Senhora Rogers, a mulher que me beijou ontem não é essa mulher conservadora que veste essas roupas para agradar o seu marido – ele fala. – quem é você Alicia Rogers? Sera que Jonas conhece de verdade a sua

encaro ele através do espelho enquanto ele passa a sua mão sobre o meu ombro e encosta os seus lábios em meu ombro me dando um beijo, eu fecho os olhos sentindo o toque da sua

quer terminar o seu quadro? – eu pergunto para ele e ele me