O SÓCIO DO MEU MARIDO 28

sprite

Alicia Rogers narrando

Algumas semanas depois...

A minha relação com Mateus ficava cada vez mais íntima, ele me apoiava e me ajudava muito e com ajuda dele eu estava conseguindo realizar um sonho. Eu continuei com a minha faculdade mesmo com tantos comentários ao meu respeito, por alguns dias eu ainda fui humilhada nas redes sociais e tive que lidar com as pessoas debochando pelo fato se ter continuado com Jonas.

Minha relação com Jonas voltou a ser da forma que era, para falar a verdade eu acho que nunca mudou.

- Bom dia - Jonas fala quando chega para tomar café.

- Bom dia - Eu respondo - Maria Alice tem balé hoje, você vai ir?

- Claro - Ele fala. - Jamais faltaria apresentação dela. Eu busco vocês.

- Ok,vamos te esperar - Eu respondo.

Ele nunca mais tinha comentado sobre o exame de DNA e a mãe dele ainda estava em Nova York.

- Já está tudo arrumado para o jantar do meu aniversário. - Ele fala - Será poucas pessoas, alguns amigos e sócios.

- Ótimo. - Eu falo - Acredito que será um belo jantar.

- E a sua faculdade? - Ele pergunta e eu o encaro.

- Está bem - Eu respondo.

- Você está gostando? - Ele pergunta.

- Sim - Eu respondo.

- Era o que você queria estudar? - Ele pergunta.

- E sim, desde nova eu sempre disse que cursaria letras - Eu falo e ele me encara.

- Fico feliz que esteja gostando - Ele fala tomando o seu café. - Minha mãe também vai para apresentação.

- Fazer o que - Eu falo e ele me encara.

- Eu sei que a minha mãe não é fácil e vocês vivem confrontando uma com a outra, mas ela gosta muito da neta - Ele diz.

- Sua mãe e uma bruxa e eu sei que ela é capaz de jogar a minha filha contra mim quando ela crescer e é por isso que eu rezo todos os dias para que ela morra antes da Maria Alice ficar adolescente. - Ele me encara. - Ela não vai fazer falta para o

-Você está falando da minha mãe. - Ele fala. -, Não é porque você não teve mãe que você precisa falar da minha dessa forma.

eu posso não ter tido a minha mãe, mas eu tive um pai maravilhoso que me ensinou valores e nunca a desprezar ninguém. - Eu falo - Ele nunca precisou humilhar ninguém e você o conheceu Jonas, ele era seu funcionário.

- Seu pai era um grande homem - Ele fala.

- Ele ainda é, porque ele ainda está vivo -

- Eu sei Alicia, não vamos discutir logo de manhã cedo - Ele diz e coloca a sua mão sobre a minha e a gente se encara. - eu preciso ir até mais tarde.

Ele se levanta me dando um beijo na testa. Eu continuo na mesa sentada, hoje era sabado e como sempre ele ia ate a emptesa.

dia. - Mateus fala

Bom dia - Eu sorrio -você está

Hoje vou fechar o contrato de um apartamento que eu aluguei - Ele

pena que não vou ter mais você aqui - Eu falo

Mas vamos ter mais privacidade- Ele fala e eu sorrio. - Já estou sentindo a sua

- Eu também. - Eu falo.

É uma pena que eu te conheci casada, se você não fosse. A gente já teria viajado esse mundo todo se amando -

Em pouco tempo eu vou esta livre , eu e Maria Alice. - Eu

eu quero poder esta na sua vida também. - Ele fala e eu sorrio para