O SÓCIO DO MEU MARIDO 32

sprite

Alicia Rogers narrando

Mateus tinha se mudado para o novo apartamento fazia dois dias e eu aproveitei que Jonas está fora para vir conhecer ele, amanhã seria o jantar de aniversário dele e eu acabei me ocupando bastante ontem preparando todos os detalhes.

O aniversário de Jonas era sempre comemorado, ele sempre fazia um jantar impecável, com convidados importantes e especiais, saia em todas as revistas e colunas importante do mundo todo. Jonas era muito bem-visto pelos seus negócios e ajuda a toda comunidade, suas empresas tinha muitas ongs e campanhas de todo tipo. Então, hoje as notícias sobre a traição já não era falada.

Eu estou deitada sobre o seu peito em uma poltrona gigante que ele tinha na cobertura do seu apartamento.

- Eu vou sentir sua falta enquanto eu tiver no Rio – ele fala.

- Vai nada, lá você tem sua ex noiva – eu falo.

- Você falou certo, ela é minha ex – Mateus fala

- Vai dizer que não sente mais nada por ela? – eu questiono – eu duvido.

- Eu conheci você e você mudou totalmente a minha vida – ele fala e eu o encaro – pode parecer besteira para você, mas eu já imagino nós dois realizando muitas coisas junto. Amanhã o pai dela vai estar no jantar de aniversário do Jonas, já que Jonas começou a fazer negócios com ele.

- Ela vem? – eu pergunto

- Está com ciúmes- ele diz sorrindo.

- Responde – eu falo.

- Para falar a verdade eu não sei – ele fala – faz muito tempo que eu não tenho notícias dela e nem falo com ela, e para falar a verdade Alicia ela não me faz falta.

- Vou fingir que acredito – ele me encara e sorri e começa a me fazer cocegas – para com isso Mateus.

- Eu sou completamente apaixonado por você – ele fala – ela já é passado.

Você acredita que podemos dar certo? – eu pergunto.

- Você é sonhadora Alicia, assim como eu. Você quer viver e aproveitar a vida da melhor maneira, você é atraente, bonita, simpática, é uma mulher maravilhosa e que qualquer homem gostaria de ter ao lado – ele fala – quando eu falo que estou apaixonado por você, eu estou falando sério.

- Assim, você me deixa sem jeito – eu falo – eu não sei o que eu te

- Eu quero te ajudar a se livrar do Jonas, ter a sua independência que você merece ter. Você não tem que obedecer a homem nenhum e viver como ele quer, você pode e deve seguir o seu caminho, trilhar ele como você quer.

- Eu vou sentir sua falta nesses dias, você me faz bem, faz eu me sentir forte – eu

- Eu volto rápido, será apenas algumas semanas – ele fala – duas ou três no máximo, só o tempo de eu assinar os papeis e resolver algumas pendencias da minha empresa lá, se eu pudesse faria tudo pela internet e eu já acabei adiando bastante essa viagem.

- Você viaja depois de amanhã e a gente nem vai conseguir se despedir direito – eu falo.

Por isso estamos aqui – ele fala me beijando e eu correspondo o

mais algum tempo e depois eu vou tomar banho, encaro o lixo vendo a camisinha, eu e ele a gente sempre usava camisinha, ele era bem cuidadoso

era um homem inexplicável, as vezes parecia que ele era algo que eu inventei na minha cabeça e se realizou na minha frente. Ele me trata que nem uma princesa, ele me faz eu me sentir bem, me apoia e me incentiva a viver todos os meus sonhos e é por causa da sua ajuda que eu estou realizando o sonho de escrever e publicar o

fazia eu me sentir bem, ele fazia de tudo para arrancar um sorriso meu, ele me diz o tempo todo o quanto eu sou especial, o quanto ele é apaixonado por mim, o quanto eu sou bonita e como faço a vida

Vai ser difícil te ver amanhã linda e maravilhosa com aquele vestido e não poder te agarrar e te beijar – ele

vestido já nos deu trabalho de mais – eu

Ela não te disse mais nada? – ele