Sob a Guarda do Sr. Russell romance Capítulo 3

Lilian olhou calmamente para o peito do seu pé e levantou a cabeça. "O que foi?"

"Onde estão os documentos do First Love? Não encontramos em nenhum local do laboratório. Você sabe que dia é hoje? Em vez de ficar no laboratório, você escolheu passear?"-

Natanael seguiu o olhar de Lilian e viu que havia um pequeno corte no peito de seu pé. Sentiu-se culpado por um tempo, mas logo pensou na próxima etapa da competição, que era mais importante para ele.

“A competição e apresentação do novo produto não começa hoje à noite? Considerei que ainda tinha algum tempo, então comprei algumas roupas novas para me preparar para isso.”

Antes que Natanael pudesse falar, Melissa, que estava ao seu lado, riu. "Por quê? Você está planejando ir?"

"Não posso?" Lilian perguntou ao se virar e encarar Melissa.

Melissa deu um falso sorriso. "Não é isso. Estou preocupada que você se sinta deslocada. Além disso, sempre evitou participar desses eventos no passado, não é?"

"Sim! Você nunca gostou de estar em evidência e se esquivou de festas e reuniões desse tipo. Poderia ficar em casa e esperar por nossas boas notícias! Agora, onde estão os documentos?" Natanael se aproximou de Lilian, tentando dar um tapinha amigável em seu ombro, mas ela habilmente virou de lado para evitar sua mão.

Ele congelou por um momento, porém, o pacote de papel kraft na mão de Lilian imediatamente chamou sua atenção. "Os documentos estão completos?" Ele pegou a bolsa e a verificou cuidadosamente com preocupação antes de entregá-la a Melissa.

Melissa calmamente pegou o pacote das mãos de Natanael e olhou superficialmente para os documentos. Um sorriso satisfeito apareceu em seus lábios. Não é que Melissa não entendesse a fragrância, mas faltava a ela um certo talento comparado ao de Lilian.

Além disso, depois de ficar com Natanael, Melissa desistiu de seus esforços profissionais. Ao longo desses anos, tinha esquecido quase todo o seu conhecimento, já que levava os créditos de Lilian e fazia uso deles para suas conquistas, sem mobilizar nenhum esforço.

Segurando as pilhas de documentos, Melissa podia ver o troféu acenando para ela. "Onde estão as amostras?", questionou atentamente.

"Você pode pegá-las no laboratório antes de sair para a competição", respondeu Lilian.

Lilian percebeu a excitação do casal de inescrupulosos que trocaram olhares na frente dela. Sentindo-se enojada, perguntou: “Nate, não posso participar do evento desta noite?”

Natanael ficou sem palavras por um tempo e imediatamente franziu a testa. "Lilian, o que há de errado com você? Eu não disse que isso é para o seu bem? Você se esqueceu da competição de novos talentos há dois anos? Você..."

"Claro, não estou dizendo que vai falhar, mas pense nisso. Sempre há um 'se'. Se algo der errado, então..."

Natanael não disse nada depois disso. Era como se ele se importasse com Lilian de todo o coração. Se não tivesse ouvido as intenções deles com seus ouvidos e visto com seus próprios olhos, eles a teriam levado às lágrimas. Cada palavra que aquele casal dizia era atenciosa e gentil, mas Lilian achava nojento e chegava a ser imensamente estúpido.

"Bem, já que é isso, só posso desejar boa sorte a vocês dois nesta noite!" Disse sorrindo. Então ela se virou. "Eu vou voltar para o laboratório agora."

Natanael assentiu apressadamente. "Isso mesmo, apresse-se e prepare as amostras. Certifique-se de que nada dê errado, entendeu?!"

Lilian cerrou os lábios e zombou. “Ah, claro”! Com certeza ela garantiria que nada desse errado.

No caminho, ligou para Olivia, e a voz no telefone parecia preocupada. "Lilian, você está bem? A propósito, o Sr. Carbonara esteve procurando por você desesperadamente o dia todo."

"Eu sei", Lilian se concentrou na estrada e disse, "Olivia, você preparou as coisas que eu te pedi?"

"Está pronto. Mas, Lili, você ajustou o First Love tantas vezes. Tem certeza que deseja alterar o perfume agora?" Olivia perguntou preocupada. Ela era assistente de Lilian há muito tempo e não tinha dúvidas sobre as capacidades e o conhecimento dela.

Lilian havia ajustado a fórmula do First Love muitas vezes nos últimos meses e finalmente ficou satisfeita com o resultado final. Esta seria uma grande noite para sua apresentação e Olivia estava se perguntando por que ela iria aumentar a fragrância do perfume justamente agora.

"Você confia em mim?"

"O que você está dizendo? Claro! Eu confio em você! Tem certeza que não vai apresentar seu perfume pessoalmente?" Ela não pôde deixar de perguntar de novo, mesmo sabendo que a resposta seria não. Olivia sabia do esforço de Lilian para produzir os perfumes.

Ela desenvolveu vários dos perfumes mais vendidos, e ninguém sabia disso. Na realidade, os holofotes iam todos para Melissa. Olivia se sentia ofendida só de pensar nisso.

Lilian sorriu em agradecimento. Sabia que Olivia estava do seu lado. "O que é meu sempre será meu," ela disse convicta. "Nate e Mel vão coletar as amostras mais tarde. Apenas faça o que eu disse. Obrigada, Olivia."

"Não se preocupe. Eu cuido disso!"

Depois de desligar o telefone, Lilian entrou no estacionamento subterrâneo do La Beauté. Era um edifício enorme que cobria uma área extensa. Até o estacionamento era de um tamanho impressionante.

Alexandre havia preparado o seu trajeto de forma segura. Lilian seguiu a sua localização e posicionou seu carro na vaga do estacionamento. Eduardo já a esperava no local.

"Sra. Christian, por favor, venha comigo." Eduardo rapidamente deixou Lilian ciente da situação enquanto subiam pelo elevador privado: “Entregamos os documentos e amostras para o departamento de projetos. Seu perfume competirá com os outros dois perfumes do La Beauté nesta noite.”

"Obrigada." Lilian assentiu.

O consentimento de Alexandre para a participação de seu perfume na competição a surpreendeu. Na MN Inc. os preparativos estavam sendo realizados há pelo menos três meses antes do início do evento, desde a seleção do tema até o planejamento de apresentação. Se de repente eles adicionassem outro perfume à sua linha, eles teriam que considerar cuidadosamente seus riscos sobre se iria ou não superar os outros.

Eduardo explicou brevemente como seria sua participação. A equipe do La Beauté não aceitaria seu perfume tão prontamente, em situação de algum risco poderiam encontrar um meio para tirá-lo da competição, isso, claro, se necessário.

Mesmo correndo esse risco, Lilian sabia que deveria vencer a MN Inc.

Viu então Alexandre sentado atrás de sua mesa, cercado por pilhas grossas de documentos, revisando-os. A mesa era grande, tinha muito a ser feito! Lilian entrou devagar em seu escritório.

Talvez ouvindo o movimento, Alexandre olhou para cima. Naquele momento, Lilian se sentiu um pouco nervosa.

"Venha aqui." Alexandre largou a caneta.

Ela se aproximou obedientemente. Alexandre olhou para cima e para baixo, estreitando os olhos. "Você está machucada?"

Havia já esquecido o corte no seu pé. Estava prestes a dizer que estava bem quando seu corpo se levantou abruptamente. Alexandre a tirou do chão.

Comentários

Os comentários dos leitores sobre o romance: Sob a Guarda do Sr. Russell