Assumindo a Responsabilidade romance Capítulo 1

"Que dor..."

"Não fuja!"

"Não quero mais isso. Pare! Ah..."

......

Wendy Lim abriu os olhos, e a estranha dor em seu corpo a fez perceber que aquilo não era um sonho.

Ela estava em uma suíte de um hotel quando a luz da manhã atravessou as janelas e iluminou o carpete e a cama bagunçada. Todas as suas roupas estavam amarrotadas no chão.

Ela havia passado a noite com alguém!

Com a cabeça erguida, Wendy Lim tentou se lembrar do que aconteceu na noite anterior. Ela trabalhava em meio período num bar clandestino, era a responsável pelas bebidas. Um velho cliente um tanto quanto malvado insistia em pedir que ela bebesse com ele antes de encerrar a conta. Quando bebeu, Wendy Lim percebeu que havia algo de errado com sua bebida. Ela conseguiu escapar do velho e correu para uma sala vazia logo depois da saída do elevador. Mas ela não se lembrava de nada depois disso...

De repente, a porta do banheiro se abriu.

Windy Lim percebeu que havia um homem no quarto. Ela puxou a colcha e se enrolou nela.

À princípio, Wendy Lim conseguiu identificar que se tratava de um homem alto e forte, parecia um típico homem do Norte da região. O contorno de seu rosto era firme, mas não muito áspero, o que o tornava incrivelmente bonito.

Havia apenas uma toalha de banho em volta de sua cintura, seu peito estava totalmente descoberto. Ele tinha peitorais fortes, músculos abdominais bem definidos e uma bela silhueta em V. Seu cabelo ainda estava encharcado.

Wendy Lim ficou corada e desviou o olhar do homem, olhando para trás.

Até ontem ela era virgem, e o estranho na sua frente havia tirado sua virgindade. Além disso, o homem a deixou exausta.

Ele se aproximou e abriu a cortina. Ele puxou um cigarro da cigarreira sobre a mesa e olhou para Wendy Lim. Ele soltou uma baforada e disse: "O que está olhando? Quer mais?"

Mais? De jeito nenhum!

Wendy Lim ficou muito triste e chateada.

Ela realmente não era mais virgem. Ela só poderia aceitar os fatos e se enrolar nos lençóis. Ela tentou ao máximo pegar suas roupas uma por uma e então correu para o banheiro para se vestir.

Quando ela saiu do banheiro, o homem ainda estava de pé na frente das janelas que iam do teto ao chão. Ele bateu a cinza do cigarro e caminhou em sua direção.

Nervosa, Wendy Lim deu meio passo para trás. Ele deu um passo à frente, se abaixou para pegar sua carteira do chão, tirou duas pilhas de dinheiro e jogou as notas na cama. "Você estava tão linda ontem à noite, eu gostei muita. Aqui, US$3.000. Fique com isso."

Os olhos de Wendy Lim fitaram as duas pilhas de dinheiro.

US$3.000 não era uma grande quantia, mas era suficiente para um mês de despesas médicas de sua avó.

Wendy fitou os olhos profundos daquele homem. Ela podia ver a frieza e o sarcasmo nítidos em seu olhar. Parecia que, para ele, ela era uma mulher que poderia dormir com qualquer um e só valia aquela quantia de dinheiro.

Uma forte humilhação surgiu no fundo de seu coração.

O homem apertou o olhar e zombou: "Não quer o dinheiro? Quer algum tipo de compromisso? Vai sonhando."

Wendy Lim ficou muito zangada e colocou as mãos nos bolsos de sua calça jeans.

Ela não poderia pegar o dinheiro, ela tinha outros planos.

Ela era uma garota honesta, sempre a mais discreta na escola. Nunca brigou com ninguém, mas agora o jogo estava prestes a virar. Ela ergueu as mãos e deu um tapa nele.

"Quer US$30 então? Qual é o problema? Não quer dinheiro, então quer compromisso?" Wendy Lim zombou dele e disse: "Vai sonhando!"

Depois disso, ela saiu com o peito erguido, mas caminhava com dificuldade pois estava dolorida.

Charlie Hogg fitou o dinheiro e, pela primeira vez em 30 anos, ficou chocado. Ele não percebeu o que acontecera até que ela foi realmente embora.

Ele puxou os lençóis com raiva, mas notou que havia um pouco de sangue no lençol.

Comentários

Os comentários dos leitores sobre o romance: Assumindo a Responsabilidade