Assumindo a Responsabilidade romance Capítulo 2

Depois de passar meia hora no ônibus, Wendy Lim finalmente chegou em casa.

Ela se lavou da cabeça aos pés três vezes até que sua pele ficou vermelha. Depois de remover totalmente o cheiro daquele homem estranho de seu corpo, Wendy saiu do banho. Mas, a parte inferior de seu corpo ainda estava muito dolorida.

"Wendy, minha querida, uma garota deve sempre se respeitar e ter amor próprio. Mesmo que encontre seu verdadeiro amor, não deve se entregar a ele facilmente! Só assim, seu futuro marido saberá valorizá-la."

As palavras de sua mãe não saiam de sua mente. Wendy Lim mordeu seu punho para abstrair da dor que sentia pelo remorso.

De repente, seu telefone tocou. Ela pegou o telefone e viu que era uma ligação do hospital. Do outro lado da linha, uma voz disse: "Srta. Lim, as despesas médicas da sua avó devem ser quitadas antes da próxima segunda-feira!"

"Entendi...", ela respondeu.

Wendy Lim desligou o telefone e começou a trocar de roupa.

A vida era tão cruel que ela nem mesmo teve uma pausa para aliviar a tristeza e a dor que sentia!

Wendy Lim não queria esbanjar pegando um táxi, então pegou um ônibus que demorou mais de duas horas. Era quase meio-dia quando ela chegou. Wendy olhou para os prédios ao seu redor e, lá estava, a famosa área rica da cidade de Ice.

Ela conhecia bem a área e entrou em uma villa.

Wendy Lim cerrou os punhos inconscientemente. Estar ali era uma tortura. No entanto, hoje, ela não tinha escolha, porque precisava de dinheiro para pagar as despesas médicas de sua avó.

Assim que entrou na casa, ela foi parada pela Sra. Wong, a empregada. "Srta. Lim, o Sr. Lim não tem tempo para vê-la hoje. Ele está recebendo um convidado importante com a Sra. Lim."

Embora a empregada se dirigisse a Wendy como Srta. Lim, ela não a respeitava.

Normalmente, Wendy se viraria e iria embora, mas hoje ela não poderia.

Wendy Lim fingiu ir embora, mas correu para dentro quando a empregada não estava vendo. A Sra. Wong a deteve apressadamente e gritou: "Srta. Lin, não pode entrar! Sra. Lim..."

De repente, um estalo.

Wendy Lim levou um tapa na cara.

A mão era de Helen Lee, a madrasta de Wendy, que saiu e olhou para Wendy com raiva. "Sua cretina, quem a deixou entrar?"

Wendy Lim cobriu seu rosto que ardia com as mãos. Esse tipo de confronto não era novidade. Dez anos atrás, Helen Lee forçou a mãe de Wendy a pular de um prédio porque ela queria se casar com o Sr. Lim. A mãe de Wendy acabou falecendo e Wendy, com apenas 8 anos, testemunhou tudo isso. Ela correu loucamente na direção de Helen Lee, que estava rindo na multidão, e a derrubou. Como consequência, Helen Lee caiu e perdeu o filho que estava esperando.

"Quero ver meu pai", disse Wendy Lim engolindo sua raiva e tristeza ao pensar em sua mãe.

Helen respondeu: "Seu pai não tem tempo para você! Temos um convidado muito importante hoje. Não crie problemas. Saia agora!"

"Mas eu preciso falar com ele, agora!", Wendy disse.

"Coisas importantes? Você não implora por dinheiro?", perguntou Helen Lee zombando enquanto rangia os dentes. E continuou: "Quando olho para você, lembro-me do rosto de sua mãe morta. Ela era uma vadia! Morreu mas deixou você aqui para nos pedir dinheiro todos os dias! Tal mãe, tal filha, são duas safadas!"

Cada vez que Wendy fechava os olhos e tentava dormir, se lembrava da cena de sua mãe rodeada por uma poça de sangue.

Pensando em sua pobre mãe, Wendy Lim correu furiosa em direção de Helen, assim como fez aos 8 anos. Ela gritou: "Não julgue minha mãe!"

A Sra. Wong a deteve. Helen deu outro tapa em Wendy antes que ela pudesse chegar perto e disse:

"Não sabe que temos um convidado muito importante hoje? Pare com essa briga!"

Johnny Lim ouviu alguns sons estranhos. Ele saiu e protestou franzindo as sobrancelhas.

Helen foi até Johnny Lim com pressa e disse: "Querido, isso é tudo culpa da boca suja da sua filha!"

Wendy não queria discutir com ela, então foi direto ao ponto: "Pai, as despesas médicas da avó precisam ser quitadas..."

Seu pai respondeu impaciente: "Falamos sobre isso outro dia. Temos um convidado hoje. Vá embora agora!"

"Não vou embora sem o dinheiro", respondeu Wendy completamente imóvel.

"Querido, olhe só para ela!", disse Helen que sempre encontrava o momento certo para reclamar, e continuou: "Pedi que voltasse outro dia, mas ela não acreditou em mim e insistiu em invadir a casa. E... ela até debochou de mim! Sabe que nosso pobre filho morreu por causa dela. Ela nos amaldiçoou e agora você não terá um filho!"

Johnny ficou furioso e atirou os papéis da dívida em Wendy e gritou: "Sua cretina!"

Wendy inclinou levemente a cabeça e desviou, mas o Sr. Lin a chutou de repente.

Ele era diferente de Helen Lee, era muito forte. Wendy Lim foi atingida nas costelas e caiu de lado. Ela bateu em um pilar de mármore e gemeu de dor.

Wendy estava dolorida demais para abrir os olhos. De repente, ao lado do pilar de mármore, surgiu um par de sapatos de couro brilhante.

Wendy olhou para cima e avistou uma calça bem passada e, logo depois, olhos profundos, dos quais jamais poderia esquecer.

Era ele!

Comentários

Os comentários dos leitores sobre o romance: Assumindo a Responsabilidade