Erro que Inicia romance Capítulo 443

Grace podia ouvir as reclamações vindas de tia White, o que fazia parecer um encontro às cegas fracassado.

Ela ficou muito surpresa.

Embora Lancy tivesse uma expressão infeliz no rosto, ela ainda não disse nada.

O professor Brooks não estava tão zangado quanto a tia White.

Chuck também ficou chocado.

Tia White não parecia satisfeita. Ela olhou para Grace com dúvidas em seus olhos.

"Grace, já que você já tem filhos, por que ainda está tão próxima dos homens?" disse tia White.

Essas palavras foram como uma faca no coração de Grace; ela se sentiu insultada.

"Julia", Lancy falou novamente, "Não fale assim."

Tia White estendeu a mão e deu um tapinha na mão de Lancy. — Lancy, não estamos procurando encrenca. É a senhorita Smith, que sempre tratou Tyler como um tolo. Acho que ela está acostumada a se aproveitar de um homem só para conseguir o que quer.

Os olhos de Grace se arregalaram. Ela ficou chocada ao ouvir o que eles estavam dizendo sobre ela.

O que tia White quis dizer com Grace tirando vantagem de seu relacionamento com um homem?

Ela nunca pensou sobre isso dessa maneira.

"E você, Chuck, você também ouviu, não é?" Tia White olhou para Chuck e disse: "Tenha cuidado ou você também será usado por ela."

"Tia White", Grace abriu a boca e disse: "Não sei de onde você tirou essa ideia. Nem sei por que você diria isso."

"Eu acabei de deixar escapar o que estava em sua mente?" Tia White disse friamente.

"Tia White, você está enganada", explicou Chuck também, "sou colega de Grace. Estamos aqui para uma entrevista."

"Ha", Tia White bufou e disse: "Ela está apenas usando seu relacionamento com os homens de todas as maneiras possíveis."

"Julia", Lancy ergueu a voz, "Pare de falar."

Julia notou a raiva de Lancy. Ela abriu a boca, mas não disse nada.

No entanto, ainda havia uma pitada de raiva e ódio em seus olhos quando ela olhou para Grace.

"Professor Brooks," Grace se levantou, olhou para eles e disse: "Posso perguntar o que fiz para causar esse mal-entendido?"

"Mal-entendido?" Julia não pôde deixar de gritar novamente: "Você não está em um relacionamento com Tyler?"

Grace franziu a testa e disse novamente: "Tia White, quem disse que estou em um relacionamento com Tyler?"

"Se vocês dois não estão em um relacionamento, por que ele faria tanto para ajudá-lo?" Julia rebateu: "Se você não tem um relacionamento tão próximo com ele, por que ele o ajudaria?"

Grace ficou sem palavras.

Ela olhou para tia White, que parecia indignada, e disse: "Tia White, não sei o que você quer dizer. Nem sei qual é o seu relacionamento com Tyler."

"Tyler e eu somos apenas amigos. Estou muito surpreso que você pense que estou tirando vantagem dele. Isso significa que sua amizade com a professora Brooks não é sincera? Você está apenas tirando vantagem dela?" Graça continuou.

"Você", tia White parecia zangada. "Que língua loquaz."

"Eu falo bem", disse Grace, "tanto você quanto o professor Brooks são anciãos, e também os anciãos que Tyler me apresentou, então eu respeito muito vocês dois."

"No entanto, deve haver algum mal-entendido que fez com que tia White entendesse mal meu relacionamento com Tyler."

"Deixe-me repetir."

"Tyler e eu somos apenas amigos."

"Sinto muito, mas acho que não posso continuar com a refeição de hoje", disse Grace.

Lancy se assustou. Quando ela olhou para Grace, havia um brilho de luz em seus olhos.

Grace olhou para Chuck novamente e disse: "Chuck, vamos embora."

"Tudo bem!" Chuck imediatamente se levantou. Encarando as duas senhoras, ele acenou levemente com a cabeça e disse: "Desculpe, vamos sair primeiro."

Ele seguiu Grace para fora da sala.

Neste momento, Tyler entrou na sala e bloqueou o caminho de Grace e Chuck.

Vendo que eles não pareciam felizes, ele imediatamente franziu a testa e perguntou surpreso: "Ei, onde você está indo?"

"Sr. Henley", disse Chuck com um sorriso. "Bem, há algo que precisamos fazer. Devemos sair primeiro."

"Tyler, obrigado por sua ajuda no passado", disse Grace. Ela se sentiu muito desconfortável por ser comentada assim. "Vamos embora agora."

"Esperar!" Tyler viu que as duas senhoras lá dentro pareciam um tanto envergonhadas.

Tyler imediatamente percebeu que algo havia acontecido.

Seria possível que algo tivesse acontecido antes de ele chegar? Ele olhou para Grace.

A expressão de Grace também não parecia muito feliz.

Tyler franziu a testa ligeiramente e olhou para Chuck novamente. Ele estava silenciosamente interrogando Chuck.

Chuck sorriu sem jeito e não sabia o que dizer.

Tyler olhou para dentro e perguntou em voz baixa: "O que diabos está acontecendo?"

Lancy não disse nada. Ela apenas olhou para Tyler com um olhar penetrante.

Tyler franziu a testa e disse: "Diga alguma coisa."

"Não é nada." Depois de uma consideração cuidadosa, Grace balançou a cabeça. "Eu tenho algo para fazer. Portanto, não posso fazer uma refeição juntos agora."

"Grace, por favor, me faça um favor," Tyler baixou a cabeça para olhar para ela. "Vou mandar você para casa depois do jantar."

Grace sorriu amargamente. Encarando Tyler, ela disse: "Talvez outra hora."

Havia um olhar suplicante em seus olhos.

Ela não queria ficar mais tempo, e havia um toque de desamparo em seu tom.

O coração de Tyler disparou. Ele podia sentir que algo havia acontecido.

Ele não conseguiu convencer Grace a ficar.

Ele só podia acenar com a cabeça e dizer: "Ok, você pode ir primeiro."

"Com licença," Grace rapidamente terminou suas palavras e se afastou.

Chuck sorriu para Tyler e rapidamente seguiu atrás de Grace.

Nesse momento, tia White, que estava lá dentro, olhou para Tyler e disse em voz baixa: "Tyler, o que há de errado com você? Como você pode procurar uma mulher que tem um filho para ser sua esposa? O que os outros diriam por trás sua mãe voltou?"

Tyler de repente entendeu algo. Ele olhou calmamente para Tia White e perguntou: "Tia White, quem lhe disse que estou procurando uma esposa? Quando foi que eu disse que estou procurando uma esposa?"

"Ela não é sua esposa agora, mas é sua futura esposa. Sua mãe disse que você arranjou uma namorada. É por isso que viemos", disse tia White.

"Mamãe!" Tyler olhou para Lancy e respirou fundo. Ele estava muito desamparado. "Quando eu disse que Grace era minha namorada? Quando eu disse que tinha namorada?"

Lancy estava atordoado. "Você não sabia, mas era tão óbvio. Eu dei várias dicas e você nunca negou."

"De que adianta eu negar isso?" Tyler replicou impotente. "Eu neguei várias vezes, mas você não acreditou em mim e insistiu em seu ponto de vista. Bem, eu entendo agora. Todas as mulheres na menopausa são tão engraçadas? O que vocês duas fizeram agora há pouco para deixar Grace tão envergonhada?"

"Por que você está tão nervoso?" Julia disse: "Acho que aquela garota quer algo de você. Caso contrário, ela não teria ido embora tão rápido depois de ouvir o que eu disse. Ela é uma garota tão rude. Esqueça."

"Tia White", Tyler ficou realmente indignado com a amiga de sua mãe. "Você é tão impulsivo mesmo nessa idade. Você não acha que deveria refletir sobre isso?"

"Eu..." Julia estava atordoada.

"Mesmo se minha mãe pedisse para você vir, você acha que é apropriado para você estar aqui? Sem mencionar que este não é um encontro às cegas. Mesmo se fosse, você acha que tem o direito de estar aqui?" Tyler perguntou.

Tia White ficou atordoada e disse: "Tyler, sou sua tia."

"E daí?" Tyler respondeu friamente.

Comentários

Os comentários dos leitores sobre o romance: Erro que Inicia