Fórmula do Amor capítulo 39

sprite

(Léo)

Já faz alguns dias que não vejo a Lília, depois da nossa última discussão eu resolvi dar um tempo para ela, mais não desistir, esses dias longe dela eu percebi que gosto de verdade dela, pena que eu coloquei tudo a perder, ela não vai me perdoar, e eu não sei se um dia eu vou conseguir me perdoar.

Pego meu celular e começo a ver os status, o Cris nunca coloca foto, mais hoje tem uma, abro a imagem e um ódio tão grande toma conta de mim, que porra ele está fazendo?

(Tudo que vai, um dia volta)

A foto dele deitado com aquela vaca, o que ele tem na cabeça? Caca de galinha? Ligo para ele várias vezes, mais o celular só dar desligado.

Eu não sei o que aconteceu, mais acho que ele não faria isso, depois do que ela fez, ele não teria a coragem de voltar com ela, Cristian estava gostando da Mia, por que ele colocaria tudo a perder?

Tentei ligar mais algumas vezes, mais não dava certo, até que desistir. A noite está quente, tomo um banho e me deito, não demora muito para meus olhos começar a pesar.

(Bryan anos atrás)

—Ela não merece você Bryan, eu sempre te amei e você sempre me rejeitou. Graziela fala tentado se aproximar de mim.

—Essa é a questão, eu não gosto de você, a Mia me tornou a pessoa que sou hoje. Falo saindo de perto dela.

Eu estava na sala de aula, sentado no mesa do professor esperando meus colegas para ir treinar, estava chovendo então não fui para o campo, estava distraído quando a Graziela chegou, sem aviso prévio ela me beijou e eu não resistir, o beijo estava bom, não tive como evitar segurar em seu bumbum, ela é líder de torcida, e linda pra caralho, mais eu amo a Mia e o que estou fazendo é muito errado.

—Para Graziela, eu não quero você!

Saio da sala sem olhar para traz, os meninos chegou e fomos treinar, no final de semana tem um jogo, se nosso time ganhar eu vou para Barcelona, jogar em um time de profissionais, é uma grande oportunidade para mim, meus planos é passar um ano lá e depois levar a Mia para morar comigo, ela está terminando a faculdade de fisioterapeuta e pode trabalhar lá, quem sabe até mesmo no meu time, eu sei que eles precisam de fisioterapeuta para tratar de atletas machucados.

Minha cabeça não parava de martelar o que eu tinha feito, por um minuto eu queria muito transar com a Graziela, mais o meu coração é da Mia, eu vou falar para ela o que aconteceu, mais não hoje, amanhã eu vou até sua casa e explico o que aconteceu.

A noite foi maior do que imaginei, eu estava com medo da sua reação, mais preciso falar o que aconteceu, eu não quero um relacionamento cheio de mentiras.

Paro o carro do meu irmão na frente do prédio em que ela mora, olho para cima e suspiro, é agora ou nunca Bryan.

—Boa tarde. Falo com o porteiro enquanto me dirijo para o elevador.

—Ela não está lá. Ele fala sem olhar para mim.

—Faz tempo que ela saiu, eu espero ela lá encima. Falo me virando.

—Elas se mudou hoje cedo. Ele fala e fico processando o que ele disse.

—O que você falou?

—Ela e a Lília se mudou hoje cedo, se não me engano ela disse que ia para nova York. Ele fala pondo a mão no

—Ela... como assim, ela não falou mais nada, apenas foi embora?

prédio atônito, por que ela faria isso?

Os dias foram passando, procurei ela algumas vezes em Nova York, mais é tão grande, eu nunca iria encontrar ela, com um tempo eu descobri que ela foi na faculdade o dia que a Graziela me beijou, ela pode ter visto o beijo. Um ano depois eu fui para Barcelona, me tornei um jogador de basebol profissional, me sentia orgulhoso de mim mesmo, mais não consegui esquecer o amor que sentia

anos tinha se passado, não consegui me envolver em um relacionamento sério, apenas relacionamento de semana, ou até mesmo meses, eu sentia que faltava algo, estava na minha cidade Natal com a minha família, meu avô faleceu então vim para cá, estava deitado na minha cama, minha mãe deixou meu quarto do mesmo jeito, nada tinha mudado, chega uma mensagem no meu celular, começo a olhar as mensagens nos grupos e depois vou para o Instagram, passo o dedo nas fotos, curto foto dos meus amigo e quando menos espero uma foto me chama a atenção, dou zoom na imagem,

ao lado do Cristian, eu sei quem é ele, sigo ele em suas redes sócias, ao lado deles está um garoto, mais ele não tem nada haver com o Cristian e sim comigo.

(Mia Benette é vista ao lado do piloto de moto GP Cristian, fontes sólidas nos informaram que eles estão em um

A manchete não me chamou tanto a atenção, e sim o menino ao seu lado, ela não faria isso comigo, ela não iria me esconder um bambino.

Olho para uma foto minha, onde está eu minha mãe, meu pai e minha irmã mais nova, o menino é idêntico a mim, os cabelos castanhos a pele branca e os olhos castanhos.

—Suzi venha aqui. Chamo minha irmã.

—O que houve?

Zoom na foto deixando apenas o menino na tela

foto. Entrego o celular

já vi todas as suas fotos Bryan. Ela fala olhando para a tela do

não sou eu. Falo e ela me

—Como não é você?

de mim para o

o aparelho e volto a imagem normal. Entrego novamente o aparelho para

—Essa é a Mia?