O SÓCIO DO MEU MARIDO 35

sprite

Capítulo 34

Alicia Rogers narrando

Eu já imagino para onde ele está lindo, eu volto para dentro de casa e pego a minha chave, ainda bem que Maria Alice está com a babá. Eu estaciono o carro na frente do prédio de Mateus ao lado do carro de Jonas que até aberto ele tinha deixado.

Quando saio do elevador no corredor do apartamento dele, já conseguia escutar as vozes alteradas lá dentro. Ainda bem que era um apartamento por andar.

Eu entro no apartamento.

- Por favor se acalmem – eu falo.

- Vai embora – Jonas fala – que isso é um assunto entre nós dois.

- Eu não quero discutir com você Jonas , então vá embora – Mateus fala – você está nervoso e bebeu durante a festa.

- Como você foi capaz de me trair dessa forma, você não é um amigo qualquer, você é meu sócio. Eu te coloquei dentro da minha casa ao lado da minha família e você pega a minha mulher – Jonas fala.

- Jonas vamos embora – eu falo.

- Eu já mandei você calar a porra da tua boca Alicia – ele grita – vai embora daqui, que esse é o assunto meu e do Mateus.

- Você não fala com ela dessa forma, você não sabe nem tratar direito a sua esposa – ele fala.

- E ai você se aproveitou para ir transar com ela? Pintar ela nua e muito mais ? – ele fala – Mateus, fala para ela quem você é, você diz que está apaixonado por ela da mesma forma que você disse para todas as outras? Alicia não é as mulheres que você pegou a vida toda.

- E você faz o que com ela? – ele pergunta – você está com ela oito anos e jamais conseguiu ser homem suficiente para amar ela e tratar ela bem. Você ameaça ela e faz ela te obedecer encima do medo que ela sente por você e não Jonas, eu não estou brincando com os sentimentos dela.

- Você não sabe de nada e eu não quero você mais perto da minha esposa, os nossos negócios vão acabar – ele fala – e você não vai chegar perto dela.

- Quem decide se me quer por perto ou não, é ela – Ele fala – você não decide nada Jonas, ela é apaixonada por mim e me quer ao lado dela, porque eu faço bem a ela, eu faço ela se sentir especial, eu apoio ela – as lagrimas começam a descer – e você é um filho da puta que só fez uma mulher sofrer o tempo

filho da puta – Jonas fala indo para cima dele e acertando um soco na cara – você pegou a minha mulher, seu traidor. Você acabou com a nossa amizade – Mateus dar outro soco nele e os dois começam a se bater.

- Por favor – eu começo a falar – para! – eu grito nervosa – por favor, parem!

consigo entrar no meio deles e os dois estão sangrando.

não vai voltar com você – Mateus fala e eu estou no meio deles – você não vai tratar nunca mais ela mal. –

está cumprindo um contrato , a gente tem uma filha e ela tem o pai dela doente. Se ela ficar, ela fica sem nada. E nunca mais vai ver a Maria Alice – ele

Você não pode fazer isso –

Fica com ele Alicia, fica com seu amado, tente continuar essa relação – ele fala – que você nunca mais vai encostar um dedo na Maria Alice, nunca mais irá

Não ameace ela – Mateus fala – você não vai mais fazer

não vou discutir – Jonas fala – Nossos negócios e nossa amizade acabou, você está fora de