Loucos Por Ela Capítulo 20

sprite

Felipe

Ao ver Allana se aproximando com minha irmã, não contive o sorriso. Como ela me encanta!!!

Fico incomodado quando a vejo com Igor, ou quando alguém menciona o nome dele, mas não posso negar que a ausência de meu amigo me deixa à vontade para conversar com ela. Com todo respeito, claro!

— Relaxa… eu tô devagar! — Respondi ao pedido de minha irmã e elas se juntaram a nós. — E vocês, não vão beber nada?

— Eu quero o mesmo de sempre… faz pra mim, irmão? — Assenti. — E você, Allana, o que vai querer?

— Pode ser uma pinã colada!

— Certo, eu vou preparar. Me ajuda, parceiro?! — Indaguei e Caio se levantou.

— Claro. Com licença, meninas.

Seguimos para a área da churrasqueira e eu comecei a fazer os drinks, enquanto Caio apenas me fazia companhia. Ao olhar na direção de Allana, sorri e ela desviou do meu olhar.

— Não adianta falar para você disfarçar, né cara?! Duvido que Kate já não tenha percebido! — Meu amigo disse enquanto eu selecionava as frutas para a taça de minha irmã e eu aleguei em minha defesa.

— Eu não estou fazendo nada!

— Mas sabe o que é pior? — Nem deixei que ele terminasse de falar e o interrompi.

— Já disse que não estou fazendo nada.

— Posso terminar? — Assenti e ele prosseguiu ironicamente. — Como eu dizia… o pior é que ela também olha demais. — Parei o que estava fazendo e o encarei no mesmo instante.

— Você acha?

— Eu falo o que vejo!

Com ele não preciso disfarçar e fingir que não senti nada com o que ouvi, porque na verdade gostei muito! E diante da postura que o mesmo vem tendo desde o início em relação a esse assunto, para ter dito isso é porque de fato foi o que notou. Abri um sorriso sincero enquanto colocava os ingredientes na coqueteleira e agitei, outra vez senti seu olhar de reprovação. Após transferir o líquido para a outra taça, voltamos para junto delas.

— Pronto… Gin tropical com frutas cítricas, como você gosta, irmã e pinã colada, como pediu, Allana! — Entreguei as bebidas e nos sentamos.

— Obrigada! — Allana agradeceu e em seguida foi a vez de Kate.

— Huumm… suave do jeitinho que eu gosto! Valeu, irmão!

Conversamos um pouco e como o clima estava bem quente, decidi entrar na piscina. Caio não queria de forma alguma, ainda estava receoso por causa do namorado de Ayla, mas Kate informou que eles haviam saído e enfim conseguimos convencê-lo e subimos para nos trocar.

— Irmão, acho melhor sairmos daqui! Sei lá, mano… vamos dar uma volta por aí, mas se você ficar tão perto dela vai acabar fazendo merdä. — Falou assim que entramos em meu antigo quarto e eu tentei tranquilizá-lo.

Não se preocupe, eu vou me comportar! Só quero conhecê-la um pouco, mas não vou fazer nada que possa me arrepender.

A teimosia é uma herança nessa família! — Não consegui segurar o riso diante de tal comentário.

Relaxa, cara! — Bati a mão em seu ombro e fui vestir minha sunga.

Terminamos de nos trocar e descemos e, ao chegar na piscina, tirei meu roupão e mergulhei, depois, fiquei sentado no degrau saboreando minha bebida e apreciando a vista em minha frente.

Vocês não vêm ? — Perguntei ao passar a mão no cabelo, tirando o excesso de água e minha irmã se levantou.

Claro que sim! Vamos? — Indagou olhando para os dois e Caio a acompanhou, mas Allana manteve-se no mesmo lugar.

Vou tomar um pouco de sol. — Informou e os dois pularam na água, então ela apoiou-se na espreguiçadeira, flexionando levemente uma das pernas e meus olhos não conseguiram desviar daquele belo par de coxas. Que tentação!!!

Amiga, vem… a água está uma delícia! Além disso, você não pode se bronzear muito, amanhã iniciaremos as fotos. — Kate a convidou e ela cedeu.

Está bem! — Fez um coque despojado no cabelo, desceu os degraus e parou onde estávamos. Como é bom senti-la tão perto!

— Disse que farão as fotos amanhã… E o que vão fotografar? — Interpelei, completamente curioso.

Minha nova coleção de biquínis! — A resposta de minha irmã, me fez imaginar no

Sem dúvidas será um sucesso! — A olhei e sorri e ela retribuiu

uma tarde agradável e já estava anoitecendo quando subimos para nos trocar. Meu amigo se despediu e foi embora e então fui tomar banho. Havia acabado de me vestir quando fui avisado que o jantar estava pronto, agradeci e segui para o quarto de Kate, todo animado em passar mais algumas horas na companhia de Allana. Bati na porta e abri após a permissão de minha

Fe! Precisa de alguma

Não… só vim avisar que Cláudia já vai servir o jantar. — Anunciei e ela fechou o livro que estava em suas mãos e se

Então vamos descer, estou faminta! — Terminou a frase já saindo

— E Allana? — Inquiri curioso.

— Já foi!

assim, já foi? Ela nem

— Teve seus motivos.

— Aconteceu alguma coisa?