Loucos Por Ela Capítulo 1

sprite

Meu nome é Allana Ruschel, tenho 21 anos e acabei de me mudar. Morava com minha família em São Paulo, onde somos donos das Empresas Ruschel, a maior do país no ramo de tecnologia.

Meus pais se chamam Adrian e Helena e meu irmão é o Gustavo. A empresa tem dois donos, mas os sócio majoritários somos nós.

Gus é o diretor financeiro da empresa de São Paulo e tanto ele, quanto meu pai, queriam que eu me dedicasse a isso também, mas como não é o que eu gosto de fazer, deixei tudo nas mãos deles.

Eu sou modelo de marcas. Acabei de fechar um contrato com a Nike e vim fotografar no Rio de Janeiro.

Gosto de ser independente e prezo pela minha liberdade, assim, unindo o útil ao agradável, aproveitei para vir morar aqui.

Adoro ficar sozinha, ter o meu espaço e não suporto cobranças, por isso não tenho namorado.

***

Deixei minhas coisas no hotel agora e agora com mais calma, vou até o edifício que meu pai impôs como condição para me deixar vir morar sozinha.

Dirigi por algum tempo até chegar no RJ soter, o edificio mais luxuoso do Rio. Pode parecer exagero, mas era isso ou nad, então claro que aceitei.

NA RECEPÇÃO...

— Bom dia!Me chamo Allana Ruschel e gostaria de comprar um apartamento.

— Bom dia, senhorita Ruschel! Aguarde um momento. Vou pedir que mandem um corretor para lhe mostrar os apartamentos disponíveis. Sente-se  e fique à vontade. — A recepcionista falou, e em seguida direcionou-me para os sofás que estão atrás de mim.

— Obrigada! — Agradeci e ela sorriu.

Caminhei até o local indicado e me sentei. Aguardei alguns minutos e logo  um homem de terno se aproximou.

— Bom dia! A senhorita deve ser Allana Ruschel. Correto? — Supôs ao ver que sou a única pessoa aguardando ser atendida. 

— Bom dia! Sim, sou eu.

— Meu nome é  Carlos Steves corretor imobiliário. — Apresentou-se estendendo-me a mão.

— Como vai? — Retribui o gesto e ele assentiu.

— Muito bem! Obrigado. Bom, vamos subir para ver os apartamentos? 

— Claro! — Concordei e fomos para o elevador.

Chegamos no primeiro apartamento disponível, que fica no 5 andar. Ao entrar, o que vi já me agradou.

Ele mostrou-me cada cômodo e explicou algumas coisas sobre o edifício.

— E então senhorita Allana, gostou deste?

— Muito. Nem quero ver os outros. Vamos fechar negócio!

— Fico feliz que tenha gostado. Vou preparar os documentos e trago para você assinar. Pode se mudar hoje mesmo se quiser.

— Ótimo! Vou buscar minhas malas no hotel e volto.

— Como achar melhor! — Falou e sorriu. — Vou preparar a documentação. Parabéns, ótima escolha.

— Obrigada! — Agradeci abrindo a porta e ele saiu.

mais uma vez e desci para o estacionamento.

Ao chegar no carro, percebi que esqueci minha bolsa, então voltei para o elevador e apertei o botão.

Quando as portas se abriram, a imagem que vi, deixou-me deslumbrada. Um homem lindo, de cabelos bem cortados e barba bem feita, com algumas tatuagens e uma camiseta preta um pouco justa, que mostrava perfeitamente seus braços fortes e seu abdômen definido.

com um celular na mão, e apontava para o espelho. Mas no momento que meu reflexo apareceu, ele simplesmente parou e me olhou, assim como eu.

Ficamos nos encarando fixamente, até que alguém o chamou, nos fazendo voltar à realidade. Ele saiu do elevador e eu entrei.

Voltei para o apartamento ainda meio anestesiada com a imagem dele em minha mente. Peguei a bolsa e voltei ao hotel.

Ao chegar fui direto à recepção pagar a conta, em seguida subi para o quarto, peguei minhas coisas e retornei ao edifício.

já comprei mobiliado, e já estava limpo, só precisei mesmo organizar minhas coisas pessoais.

guardava minhas roupas no closet, não consegui tirá-lo de meus pensamentos...

Quem será ele? E o que tem de tão especial para ter chamado minha atenção assim? — Questionei a mim mesma e segui para o banho.

limpa, me vesti com um roupão e enrolei meus cabelos em uma toalha. Peguei meu computador e fui para a sala procurar na internet, uma academia próxima para me matricular e logo encontrei.

ser um hobbie, preciso manter meu corpo por conta de minha profissão. Coloquei uma roupa bonita e confortável e fui até lá.

Entrei e uma mulher muito educada veio ao meu encontro e se apresentou.

Olá! Tudo bem? Meu nome é Rafaela. Posso ajudá-la

tarde Rafaela! Tudo bem, obrigada. Me chamo Allana e gostaria de fazer minha matrícula. É você

Não exatamente, mas vou te levar até a

minutos depois, terminei de assinar os papéis e então Rafaela começou a me mostrar todo

havíamos percorrido alguns aparelhos quando um homem forte e bonito, que deduzi ser um aluno, vestido apenas com shorts de treino, aproximou-se e se

tarde! Sou Igor, personal trainer e proprietário. — Estendeu-me a mão e eu apertei a

— Allana. Muito prazer! — Sorrimos.

por atrapalhar vocês, mas sua mãe está no telefone, Rafa. Pode ir tranquila, eu continuo mostrando

Igor. Com licença. —

— Retribui o sorriso e ela

por mais um tempo olhando o que faltava e assim que terminamos, me despedi e

entrar na portaria, me avisaram que Carlos havia deixado os documentos de compra e venda. Assinei, devolvi para o porteiro que entregou minha via, segui para o estacionamento, guardei o carro e

com fome então pedi uma porção de batatas e um açaí no ifood, mas enquanto não chegava, tomei um banho e coloquei