O Trigêmeos do Magnata romance Capítulo 592

Ela logo percebeu que estava em um quarto e, a julgar pelo design interior, pertencia a Tommy. Embora relutasse em permanecer no quarto do homem, não tinha como sair. Assim, ela silenciosamente abriu uma pequena fresta na porta e viu Damian entrando na sala.

— Por que você não atendeu minha ligação? — Questionou o recém-chegado.

— Eu não vi na hora. —

Damian decidiu ignorar a verdade daquela explicação, já que tinha algo mais importante para discutir.

— Você sabia que o Grupo Arquiduque está falando sobre os filhos de Anthony? Como ele acabou tendo filhos? Quando? Bianca ficou grávida? Por que não sei nada sobre isso? —

'Então é por isso que ele está aqui', pensou Anne.

— Eu acabei de descobrir. Ele tem trigêmeos, dois filhos e uma filha. São crianças pequenas. Bianca não é a mãe deles, e sim Anne Vallois. — Tommy sentou-se no sofá.

— O quê?! Anne Vallois? — Chocado, Damian disse: — Quando ela dormiu com Anthony? Ela morou no exterior por uns anos, certo? Anthony a estava escondendo no exterior? —

— Talvez por acidente. Anthony não sabia sobre as crianças antes disso. —

— Caramba, minha cabeça ainda está girando. Posso dizer que Anne é definitivamente um monstro ou algo assim! Ela não deve ser subestimada! —

A expressão de Anne ficou furiosa e ela pensou: 'Eu sou um monstro? Eu não devo ser subestimada? Tudo o que fiz foi dar à luz três filhos, quando foi que isso virou crime? Bando de desgraçados!'

— Como isso é da sua conta? — Tommy questionou impacientemente.

— Como assim, Tommy? É da sua conta também. Anthony sempre foi ambicioso e agora que tem herdeiros, sua ambição só aumentará dez vezes! — Damian olhou para o futuro e disse: — Ele logo assumirá todo o Grupo Marwood! —

Tommy não reagiu, como se não tivesse sido afetado por isso.

— Tommy, você precisa lutar contra Anthony! — Damian lembrou.

— Eu tenho que fazer isso? Por que você não pode? —

— Ora, por que mais eu tenho você? Para que eu tenha alguém em quem confiar! Em famílias ricas, os filhos são o núcleo do poder de alguém — disse Damian com confiança. — Olhe para Anthony. Ele tem filhos e dois deles são homens! Ele provavelmente está muito feliz! —

Anne sentiu que Damian tinha uma ideia errada, já que Anthony ficou tão furioso que poderia tê-la estrangulado até a morte quando descobriu sobre as crianças.

— Você não é mais jovem, Tommy. É hora de você se casar! —

Tommy olhou para o pai e perguntou:

— Por que você exige ter tudo o que Anthony tem? Se você quer herdeiros, arrume uma mulher para você! —

— Do que você está falando? Então você nunca vai se casar? —

— Eu não sei. Não tenho planos no momento. — Tommy cruzou as pernas e não demonstrou interesse.

Damian estava prestes a ter um ataque cardíaco com a atitude do filho, quando notou dois talheres e duas taças de vinho na mesa de jantar. Sentindo-se desconfiado, ele perguntou:

— Com quem você estava comendo? —

— Um amigo. —

— Mulher? —

— Quem disse que dois homens não podem beber vinho juntos? — Tommy disse naturalmente.

— Onde ele está, então? —

— Saiu antes de você chegar aqui. —

Damian não acreditou e se virou para olhar as portas fechadas dos quartos, imaginando se alguém estava escondido. Anne se encostou à porta e prendeu a respiração, desejando que Damian não verificasse o quarto, pois ela não queria nenhum mal-entendido. Felizmente, Damian apenas se voltou para Tommy.

Comentários

Os comentários dos leitores sobre o romance: O Trigêmeos do Magnata