O Trigêmeos do Magnata romance Capítulo 723

Anne não sentia medo nenhum. Desde que Anthony soube das crianças, a moça começou a se sentir muito mais segura para se impor diante do homem.

— Para sua informação, eu não toquei nela. — A voz profunda e rouca de Anthony pôde ser ouvida. Anne ergueu a linha de visão e o encarou, surpresa que ele se explicasse. — Você está feliz agora que sabe disso? —

Anne virou o rosto e não disse nada.

— Você não vai abrir caminho para que eu saia? — O homem perguntou.

Depois que Anne recuperou os sentidos, moveu-se para o lado.

— Você pode decidir pelas crianças sozinha, a propósito. — Disse Anthony, e então abriu a porta e saiu.

Anne, por fim, relaxou e fechou a porta. Havia necessidade de ele explicar? Claro que não tinha como tocar em Bianca na noite passada, já que a pianista tinha se ferido em uma queda.

***

Depois que Dorothy fez uma ligação, caminhou em direção ao quarto da filha.

— O senhor Walker disse que Anthony foi à empresa de seu pai esta manhã e que foi embora pouco depois! —

— Isso mostra que meu objetivo foi alcançado. — Disse Bianca enquanto suportava a fúria interior.

— Isso mesmo. Pelo que aconteceu na noite passada, posso dizer que Anthony ainda se importa mais com você. — Disse Dorothy. — Mas o que você fez foi muito arriscado. Teria sido suficiente apenas fingir! —

— Anthony saberia dizer se eu só estivesse fingindo — Refletiu Bianca. — Contanto que Anthony ainda cuide de mim, não terei medo de não poder tirar Anne do jogo! —

— Não se preocupe. Não importa se for na empresa ou no hospital, vou arranjar alguém para ficar de olho. — Dorothy garantiu. — Só preciso saber se conseguiríamos subornar alguém na Mansão Real. —

— Como poderíamos subornar alguém na Mansão Real? Aquelas pessoas foram cuidadosamente selecionadas! — Disse Bianca.

— Não quero pedir para a pessoa fazer nada, só precisaria nos dizer se Anne estaria indo lá com alguma frequência! —

— Como estou ferida, Anthony me deixou ficar na Mansão Real. Matei dois coelhos com uma cajadada só. — Bianca não pôde deixar de ficar presunçosa, então, em sua perspectiva, os feridos foram um investimento lucrativo.

— Sim. Basta procurar uma chance e subornar a pessoa certa... — Disse Dorothy. — Não podemos esquecer que as propriedades de seu pai foram roubadas. Você não pode permitir que Anthony seja roubado também. —

— Eu não vou! — Os olhos de Bianca pareciam cruéis.

***

Ao meio-dia, Anne ainda estava de olho no acordo. Ela precisava entender os interesses envolvidos na negociação. Se houvesse algum problema, precisava deixar Robert cuidar da resolução. De repente, houve uma batida na porta e Ashlynn entrou.

— Senhorita Vallois, esta é a lista de produtos que você queria. —

— Tudo bem. Apenas deixe aí. — Anne nem sequer levantou a cabeça. Quando Ashlynn se preparava para sair, a patroa pensou em algo e disse: — O que está achando do trabalho? —

— Sinto-me ótima, senhorita Vallois. Prometo que farei bem o meu trabalho. — Disse Ashlynn.

— Também comecei há pouco tempo. Vamos fazer o nosso melhor juntas, sim? — Anne foi receptiva.

Ashlynn se sentiu tocada e balançou a cabeça um pouco.

— Tudo bem! Não se esqueça de almoçar, senhorita Vallois. —

— Já é hora do almoço? — Anne olhou para a hora e já era bastante tarde.

Depois que Ashlynn saiu, a mulher ligou para a Mansão Real.

— O que as crianças estão fazendo? —

Hayden olhou para Bianca, que estava junto com as crianças, e disse:

— Eles acabaram de almoçar e estão brincando agora! —

— Depois que eles tirarem uma soneca, leve-os ao hospital para visitar o avô. — Disse Anne. — Já avisei isso a Anthony, mas pode ligar para confirmar. —

— Não há necessidade, senhorita. Vou levá-los lá à tarde. —

Depois de desligar, ele foi até a sala de estar e disse aos trigêmeos.

— Podemos tirar uma soneca agora? —

— Eu não quero tirar uma soneca! — Charlie foi o primeiro a protestar.

Os outros dois também não gostaram da ideia.

— Sua mãe disse que vocês podem ir ao hospital visitar seu avô depois da soneca. — Persuadiu Hayden.

— Ah! Então queremos tirar uma soneca! — Chloe concordou e correu para o quarto, então Charlie e Chris a acompanharam, impacientes diante da possibilidade de visitar o querido vovô.

Comentários

Os comentários dos leitores sobre o romance: O Trigêmeos do Magnata