Por Amor ou por Vingança Em maus lençois

sprite

Ethan

Ouvir a verdade sobre a Beatriz foi algo que me deixou extremamente… decepcionado. Por mais que eu tivesse consciência de que a nossa relação nunca foi perfeita e que a própria Beatriz também não era, ainda assim, eu não esperava que tivesse sido feito de bobo o tempo todo, até mesmo pelo cara que eu sempre considerei como o meu melhor amigo.

— Eu sei o que você está pensando, Ethan — Joshua disse com objetividade ficando de pé ao meu lado — Mas eu quero deixar claro, independentemente do que você possa pensar sobre mim, que eu sempre amei a minha irmã, com todos os seus defeitos, e por amor, fiz tudo o que ela queria que eu fizesse. Agora eu sei que errei muito, mas o tempo não volta, para que eu possa consertá-los, mas ainda assim, quero pedir desculpas, meu amigo.

Olhei para a mão estendida do Joshua, um sinal de paz, desejando dizer tantas coisas, gritar que ele foi um cretino mentiroso e que traiu a minha confiança, mas ao mesmo tempo, as lembranças de Joshua ao lado da irmã, sempre a apoiando e fazendo todos os seus gostos, assim como os seus pais também faziam, e eu fazendo o mesmo que eles, me fez constatar que eu era tão culpado quanto eles.

Fiquei de pé, olhando para os dois homens na sala, tentando controlar a avalanche de sentimentos contraditórios que estavam tomando conta de mim, indeciso entre mandar os dois para o inferno e ir embora, ou tentar ser a pessoa racional que comprovadamente eu não estava sendo nos últimos anos, sentar e conversar sobre o motivo que tinha me levado até o escritório de Murilo.

A racionalidade venceu.

— Vamos deixar isso para trás, Joshua — falei, estendendo a minha mão e apertando a do meu amigo com firmeza — Quero apenas pensar no futuro a partir de agora.

Demos um abraço de amigos, seguidos de alguns tapinhas amigáveis nas costas, selando assim a paz entre nós.

— E que belo futuro, hein, meu amigo! — Joshua teve a ousadia de dizer.

O encarei com raiva, todos os bons sentimentos esquecidos de imediato, ao ouvir a forma como ele estava falando, com certeza se referindo a Mariana.

— O que quer dizer com isso!?

— Calma, Ethan! — Joshua pede, levantando as mãos para o alto com diversão — Estou apenas tentando descontrair um pouco o ambiente.

Eu não senti muita sinceridade em suas palavras e continuei o analisando com atenção, tentando ter certeza de que ele realmente não estava de olho na minha garota.

— O Joshua está falando a verdade, Constantino — Murilo intervém, sorrindo diante da cena — O nosso amigo está apaixonado e não é pela Mari, acredite.

Quase soltei um suspiro de alívio com as palavras ditas pelo Murilo e sorri, agora mais relaxado, e a raiva anterior sendo substituída pela curiosidade.

— Apaixonado? — perguntei, voltando a me sentar — Isto é uma grande novidade para mim. Nunca o vi apaixonar-se por ninguém.

— Ainda não tinha conhecido a Artémis — brincou Joshua, nos fazendo rir — Sei que ela é a mulher da minha vida.

Artémis? Esse nome não era estranho, e fiquei tentando lembrar onde tinha ouvido sobre ele, até que me recordei da irmã do Aquiles, ou seja, a prima do Murilo, que estava com ele na noite em que nos encontramos no hospital, e logo fiz a ligação entre os fatos.

Entendi tudo já — falei, estalando os dedos, como uma referência ao próprio estalo da minha memória — Fico feliz por você, Joshua.

Agora sim, o clima estava bem mais ameno, após todas as revelações feitas sobre Beatriz, mas ainda existe algo bastante importante e urgente a se tratar, e nós não poderíamos perder tempo, afinal, a Bruna estava à solta, esperando apenas uma oportunidade para se dar bem em cima da Mariana e

Agora que já está tudo em pratos limpos, acredito que devemos tentar encontrar alguma maneira de impedir que a Bruna leve a história das nossas mulheres para a mídia — foi Murilo que voltou ao ponto central.

Conversamos então sobre o assunto da mesma maneira analítica e objetiva com que tratamos sobre negócios e traçamos um plano de ação, onde a Bruna não iria conseguir arrancar nenhum dinheiro

Eu tinha um trunfo em mãos, e o usaria sem o menor remorso.

Ela não deveria ter se metido comigo dessa maneira — falei depois de contar o que eu sabia sobre Bruna — Ainda mais quando ela tem seus próprios segredos.

Como você descobriu isso? — Murilo perguntou com um sorriso — Eu namorei com a Bruna por tanto tempo e não tinha a menor ideia sobre esse fato do seu passado.

Eu pretendia usar isso contra você — optei por ser honesto sobre isso — Mas decidi que não poderia descer tão baixo a esse

tensão que percebi ter se instalado no ambiente, nada foi comentado em relação a minha declaração e após alguns segundos em que cada um parece estar fazendo seus próprios julgamentos de valor, entendi que Joshua tinha chegado a uma conclusão e logo ele estava expondo a

as coisas mudaram, e entre a Mariana e Bruna, não vou pensar duas vezes antes de ficar do lado de

organizado, demos início ao nosso plano, começando pela ligação para Bruna, a convidando a ir até a minha empresa no dia seguinte, para que pudéssemos conversar sobre as suas exigências, usando como pretexto a mentira de que estava com uma excelente proposta para comprar o

dia seguinte, no horário combinado, Bruna entrava em minha sala, parecendo radiante e feliz, acreditando estar conseguindo obter bons resultados com a sua chantagem, e mais uma vez senti uma pontada de culpa pela maneira como eu me aproximei de Mariana, quando tudo o que eu desejava era apenas

Até que enfim você caiu em si, querido — falou Bruna com um tom vitorioso — Entendeu que eu não estava apenas

Eu sempre soube que você só entra para ganhar — eu estava sendo irônico, mas Bruna parece ter levado a sério as minhas

— Claro que sim.