O Trigêmeos do Magnata romance Capítulo 604

Anne ficou tão assustada com a pergunta que deixou cair o travesseiro.

— O que você disse?! —

Sarah segurou os ombros de Anne para baixo, para que ela não caísse do sofá em estado de choque com a próxima frase.

— Basta pensar nisso... Se Anthony se casar com você, você poderá ficar com os filhos para sempre, formando uma família completa. Você não concorda? —

Anne não sabia que Sarah poderia ter uma ideia tão irreal. Era simplesmente ridículo pensar em casar-se com alguém tão assustador quanto Anthony. Era como pular em um inferno!

— Anthony nunca fará isso. —

— Então, tudo depende de você! — Sarah a aconselhou e depois perguntou: — Quando foi a última vez que Anthony tocou em você? —

Anne imediatamente pareceu desconfortável.

— Você tem que me contar tudo agora! Caso contrário, como podemos resolver o problema? Apenas contando com você de mau humor o dia todo? Você não pode fazer muita coisa sozinha, de qualquer maneira! — Sarah estava muito nervosa.

— Bem, foi naquele dia... —

— Que dia, menina?! Fala direito! —

— Quando procurei as crianças, faz dois dias... — Foi difícil para Anne admitir.

— Tudo bem, entendi — interrompeu Sarah, — Isso mostra algo importante: Anthony está interessado em você! Quer ele goste de você ou do seu corpo, isso é uma vantagem! Você pode aproveitar isso e pegar Anthony de volta! —

Anne nunca tinha pensado nisso. Afinal, ela queria fugir de Anthony o máximo possível, quanto mais longe, melhor.

— Eu sei que você tem medo dele, e Anthony não quer se casar com você, mas enquanto uma das partes tomar iniciativa, as coisas não vão mudar? É como o casamento, você faz o jogo dele, porque ele acha que um tem que ser o dominador e o outro submisso. Caso contrário, não conseguirá ter o que precisa! — Sarah disse, tendo experimentado isso pessoalmente antes.

Anne franziu a testa, pensava que aquilo era inaceitável. A moça tinha medo de Anthony desde criança, e ele a traumatizou desde a menoridade até a idade adulta. Portanto, casar-se com o magnata significaria apenas que nunca poderia se afastar dele, e que estariam para sempre amarrados, um ao outro, por um nó cego!

— Você está ouvindo? Estou dizendo a verdade! — Sarah aconselhou: — Você realmente quer que Bianca cuide dos trigêmeos? Quando Bianca se casar com Anthony, você acha que ele vai se importar muito com as emoções dos filhos? Se Bianca der à luz uma criança, tudo vai piorar! Lutar pela segurança da sua família é outra batalha feroz! —

Anne estava ficando cada vez mais perturbada com o que sua mãe dizia. Era como se o futuro estivesse cheio de negatividade.

— Se você se casar com Anthony, esses problemas vão sumir. Além de ser implacável, devemos admitir que ele é um homem ambicioso e que seu negócio só cresce a cada dia. Você imagina o quão respeitável será como senhora Marwood? —

Anne franziu a testa.

— Eu não me importo com isso. —

— Eu sei que não, mas o mundo sim! Se alguém se importa com isso, matará para seu próprio benefício! — Sarah contou a Anne sobre o que estava em jogo.

— Eu... — Anne sentou-se e abraçou o travesseiro com força. Sua mente estava uma bagunça e ela não sabia se deveria, ou se conseguiria, conquistar Anthony. Aquilo era completamente contra suas verdadeiras emoções!

— Anne, mesmo que você não esteja fazendo isso para seu próprio bem, e as crianças? Você não se importa com elas? — Sarah deu o golpe final, sabendo que os filhos eram o ponto fraco de Anne e que ela poderia trocar a sua vida por eles.

No entanto, a mera ideia de passar o resto da vida com Anthony deixou a cabeça de Anne dolorida. Sarah agarrou o braço da filha, virando-a para encará-la.

— Quando Anthony e Bianca conseguirem a certidão de casamento, será tarde demais para você fazer qualquer coisa! —

— Você não está sendo muito dramática? —

— Como assim? Você não sabe que tipo de pessoas Dorothy e Bianca são? Olhe para a sua própria vida! Se eu contasse ao seu pai que estava grávida de você, seu destino ainda seria assim? Às vezes, basta apenas um passo errado para levar à sua ruína! —

Sarah sentiu-se melancólica ao pensar no passado, porque seu único erro prejudicou a filha.

Comentários

Os comentários dos leitores sobre o romance: O Trigêmeos do Magnata