O Trigêmeos do Magnata romance Capítulo 701

Anthony estreitou os olhos para Anne, que não se importou quando Anthony atendeu o telefone, mas ficou rígida quando sentiu o pesar daquela encarada. Ela começou a tentar adivinhar quem havia ligado e se aquilo a envolvia. 'Papai acordou?', ela pensou. 'Não parece, a julgar pela expressão no rosto de Anthony!'.

— Você está certa disso? — Anthony questionou com voz rouca.

— Sim. Ninguém mais tocou nas amostras. — Disse Kathryn com confiança.

Sem dizer mais uma palavra, Anthony desligou e continuou a almoçar. Anne queria perguntar sobre a ligação, mas se conteve porque as crianças estavam ali.

— Mamãe, você vai ficar conosco esta noite? — Chloe perguntou.

— Você não tem mais trabalho, certo? — Chris perguntou.

— Papai trabalha e mamãe também. Tão chato! — Charlie reclamou enquanto agitava a colher na mão.

— Tenho algo para fazer esta tarde, mas posso voltar quando terminar... — Disse Anne, sendo gentil. A moça não planejava passar a noite. Embora ela não se importasse muito com o que Bianca pudesse pensar, ainda precisava andar na linha.

— Quando você vem? — Chloe perguntou, não aceitando a resposta vaga.

— Voltarei à noite. —

— Você vai mesmo dormir conosco? — Os olhos de Chris brilharam.

— Vamos ver o que acontece. — Anne forçou um sorriso.

Anthony permaneceu quieto durante toda a interação com as crianças e um simples olhar dele foi suficiente para lembrá-los de sua presença. Depois do almoço, Anne saiu no carro de Anthony. Da janela, os trigêmeos acenaram para a mãe, que continuou olhando para eles enquanto o veículo avançava. A janela, de repente, começou a fechar. Assustada, a moça se afastou do vidro e se virou para encarar o magnata, sabendo que ele fez isso de propósito.

— Eu me pergunto se os resultados do teste de paternidade já foram divulgados. — Disse Anne. — Kathryn já deveria ter terminado, certo? —

Um pedido de Anthony de certo seria considerado de prioridade máxima.

— O que espera dos resultados? — Anthony perguntou sem expressão.

— Sou filha do meu pai. — Sentindo a pressão, ela respondeu, perguntando-se, por um momento, se Anthony iria ficar do lado de Bianca.

— Você mesmo fez um teste de paternidade? —

— Não... — Disse ela. A moça sempre confiou no que foi dito por sua mãe, mas tinha certeza de que Sarah saberia quem era o pai de sua filha. Mesmo assim, a tensão no carro aumentou e a moça sentiu seu coração afundar. Não sabia bem o motivo do nervosismo, mas só a presença de Anthony já era intimidadora demais.

Comentários

Os comentários dos leitores sobre o romance: O Trigêmeos do Magnata