O Trigêmeos do Magnata romance Capítulo 700

— Mamãe, você deveria ser a goleira! — Chloe gritou.

— Não é bom se você não tentar impedir! — Chris disse.

— Não consegui! Ele chutou muito rápido! — Anne protestou: — Vamos começar de novo, então? —

Ela foi pegar a bola e chutou na direção dos trigêmeos, que correram atrás na hora. Chloe não tinha costume de jogar futebol, então só podia correr atrás. Anne ficou na frente da rede, como goleira.

— Mamãe, aí vou eu! — Charlie gritou.

Anne entrou em ação e chutou a bola que voou em sua direção, mandando-a para longe da rede. A mulher acompanhou o movimento do brinquedo e se assustou quando percebeu que ele voava em direção a Anthony. O magnata, contudo, o parou.

— Papai, chute de volta! —

Os trigêmeos correram em direção ao homem, mas, quando estavam prestes a alcançá-lo, ele chutou a bola para longe.

— Ah! Não! — Charlie berrou.

Anne achou graça da reação das crianças, correndo atrás da bola para tentar recuperá-la. Anthony resolveu se afastar um pouco, para não interferir na brincadeira, então ficou fora do campo o tempo todo em que Anne brincou com os três, mas continuou recuperando a bola sempre que ela escapava para longe. O tempo passou num piscar de olhos e Anne só percebeu quando Hayden apareceu para avisar que o almoço estava pronto. A jovem enxugou o suor da testa e percebeu que devia estar corada como os trigêmeos.

— Vocês três vão comer! Preciso ir embora... — Disse ela.

— Senhorita Vallois, por que você não fica com as crianças para almoçar antes de sair? — Hayden disse: — A comida está pronta e tenho certeza de que eles ficariam muito felizes em comer com a mãe. —

— Mamãe, você não vai comer conosco? —

— Eu não vou comer, então! —

— Mamãe, não vá embora! —

Anne lançou a Anthony um olhar preocupado. Ela queria ficar, mas não era uma decisão que pudesse tomar sozinha.

— Você pode ir embora se não quiser ficar. — Disse Anthony, com frieza, como se ela pudesse adivinhar seus pensamentos.

Preocupada com a possibilidade de as crianças ficarem chateadas, Anne disse:

— Quero ficar! Claro, quero ficar com eles para almoçar! —

— Mamãe, vamos! — Os três agarraram as mãos de Anne e Chloe se virou para agarrar a mão de Anthony também, antes de entrar para almoçar.

A mulher ficou um tanto comovida com a forma como seus filhos agiam, mas baixou o olhar. O melhor que ela podia fazer era visitar os filhos com a maior frequência possível para que, quando Anthony se casasse com Bianca, ainda pudesse cuidar deles.

— Mamãe, eu estou doente! Aqui, aqui e aqui... estou ficando com muitas espinhas! — Chloe apontou para seu rosto, braços e pescoço.

— Sim, Chloe não pode comer frutos do mar! — Charlie disse.

— Não comeremos frutos do mar de novo! — Chris disse.

— Lembrem-se de não comer frutos do mar, mesmo que alguém ofereça... — Lembrou Anne.

— Nós agora sabemos o que são frutos do mar! — Charlie disse.

— Que inteligentes! — disse Anne.

O telefone de Anthony vibrou e ele o pegou para atender a ligação.

— Senhor Marwood... — Disse Kathryn. — Saiu o resultado do teste de paternidade. O senhor Nigel Faye não é parente da senhorita Vallois, o que significa que ele não é o pai dela. —

Comentários

Os comentários dos leitores sobre o romance: O Trigêmeos do Magnata